Divulgação/Sony Pictures

Sucesso de “Uncharted” é começo de “nova franquia”, revela presidente da Sony

Um email escrito pelo CEO da Sony Pictures Entertainment, Tom Rothman, dirigido aos funcionários do estúdio, revela que a empresa já vê o filme “Uncharted – Fora do Mapa” como começo de uma “nova franquia de sucesso”.

Revelada pelo site Deadline, a mensagem para “as tropas” festejou a bilheteria de estreia mundial do filme estrelado por Tom Holland.

“Com mais de US$ 100 milhões em bilheteria no mundo todo em só um final de semana, e 90% de aprovação do público no Rotten Tomatoes, ‘Uncharted’ é uma nova franquia de sucesso para a companhia”, escreveu Rothman.

Vale apontar que a referência ao site Rotten Tomatoes não é relativa à avaliação da crítica, que foi negativa – 40% de aprovação – , mas sim à votação aberta ao público, que soma 2,5 mil votos.

O filme foi o mais visto na maioria dos 62 mercados em que foi lançado no fim de semana passado, inclusive Brasil e EUA, somando ao todo US$ 106,4 milhões no fim de semana.

A produção adapta o game homônimo sobre o arqueólogo Nathan Drake, que segue as pistas do seu antepassado Sir Francis Drake para encontrar relíquias preciosas ao redor do mundo. Só que o estúdio escalou Tom Holland (“Homem-Aranha: Sem Volta para Casa”) como protagonista. Como o ator que é muito novo para o papel, a trama acabou contando uma origem do personagem que nunca foi apresentada nos games, com seu primeiro encontro com um caçador de tesouros que se torna seu mentor.

Mark Wahlberg (“O Grande Herói”) vive o segundo protagonista, após ser cotado para viver Drake numa versão anterior do projeto – há mais de uma década.

O elenco também inclui Antonio Banderas (“Dor e Glória”), Sophia Ali (“Grey’s Anatomy”) e Tati Gabrielle (“O Mundo Sombrio de Sabrina”).

O roteiro (o quinto desde 2010) foi escrito pela dupla Art Marcum e Matt Holloway (de “Homem de Ferro” e “MIB: Homens de Preto – Internacional”) em parceria com Rafe Judkins (da série “Agents of SHIELD”), e o diretor que tirou o projeto do papel foi Ruben Fleischer (de “Venom” e “Zumbilândia”).