Divulgação/Globo

Renato Aragão processa banco Santander por prejuízo milionário

O humorista Renato Aragão, sua esposa Lilian Taranto Aragão e a empresa dos dois, Renato Aragão Produções Artísticas, estão processando o banco Santander por adulterações na compensação de cheques que teriam gerado um prejuízo de cerca de R$ 3,3 milhões.

Em acórdão publicado em dezembro do ano passado após um pedido de recurso da instituição financeira, a desembargadora Sirley Abreu Biondi relatou que a ação indenizatória é movida por causa de “cheques emitidos e alegadamente adulterados por funcionário responsável pelos pagamentos.”

Segundo o processo, Lilian e Renato Aragão acusam Alexandre Reis Costa de adulterar os cheques, emitidos pela empresa para distribuição de lucros para o casal. Ele foi demitido e responde a um processo criminal por estelionato, e a uma ação trabalhista.

O processo cível contra o Banco Santander está na 7ª Vara Cível da Barra, no Rio de Janeiro, e encontra-se suspenso aguardando decisões dos outros processos – criminal e trabalhista – em curso.