Divulgação/Netflix

Brasileiros não perdoam “Alerta Vermelho” por localizar a Argentina no Brasil

Uma suposta gafe da produção de “Alerta Vermelho”, lançado na sexta-feira passada (12/11) em streaming, irritou os assinantes brasileiros da Netflix, que não esconderam a insatisfação nas redes sociais.

Em determinado momento do filme, os protagonistas descobrem a localização de um objeto desejado, com coordenadas que se materializam num mapa, apontando o local em alguma região no Sul do Brasil. Segundos depois, eles chegam à conclusão de que o local fica na Argentina.

E, de fato, embora o mapa aponte o Brasil, as coordenadas representam Misiones, na Argentina. O detalhe é que o local, embora verdejante, não possui uma floresta tropical ao estilo da Amazônia, como mostra o filme.

Não convencidos pela justaposição das coordenadas com o mapa, os espectadores foram reclamar nas redes sociais.

“Em ‘Alerta Vermelho’, eu descobri que a Argentina fica na divisa de SC e PR. Netflix Brasil, obrigado pelos ensinamentos”, ironizou um usuário.

Um detalhe que chama atenção é que a maioria do público gostou do filme apesar da reclamação – e de ele ter apenas 36% de aprovação da crítica no Rotten Tomatoes. No fim de semana, os astros Ryan Reynolds, Gal Gadot e Dwayne “The Rock” Johnson foram às redes sociais comemorar a informação da Netflix de que “Alerta Vermelho” teve a melhor estreia de um filme original da história da plataforma.

Escrita e dirigida por Rawson Marshall Thurber (“Família do Bagulho”), a produção é uma mescla de ação e comédia, com muitas explosões, pancadaria e piadinhas, ao mostrar “o melhor investigador do FBI” (Johnson) alistando “o segundo ladrão de arte mais procurado do mundo” (Reynolds) para prender “a ladra de arte mais procurada do mundo” (Gadot).