Divulgação/Record

André Gonçalves cumprirá prisão domiciliar por dívidas de pensão alimentícia

O ator André Gonçalves vai cumprir prisão domiciliar com uso de tornozeleira eletrônica em sua residência no Rio de Janeiro por dívidas com pensão alimentícia de sua filha.

A decisão foi decretada pela Justiça de Santa Catarina em um processo movido por sua ex-mulher, a jornalista e atriz Cynthia Benini.

Desempregado, ele não tem como pagar a pensão e ficará restrito por 60 dias ao apartamento onde mora no Rio com a atual mulher e também atriz Danielle Winits.

Após o período estabelecido pela decisão, pode haver novos desdobramentos no processo. Mas, segundo seu advogado, assim que retomar a vida profissional, André Gonçalves pretende voltar a fazer os pagamentos e cumprir suas responsabilidades como pai.

Gonçalves, que completou 46 anos na terça-feira passada (16/11), deve cerca de R$ 350 mil em pensão alimentícia da filha Valentina, de 18 anos. O valor mensal estabelecido é de R$ 4,5 mil, que ele pagava até ser desligado da Globo em 2016. Neste período, a dívida chegou a R$ 112.044,33. Com juros e correção monetária, o valor subiu para R$ 352.579,01. Em julho deste ano, ele teve os bens penhorados por conta desta dívida.

Benini e Gonçalves se conheceram em 2002, quando participaram do reality show “Casa dos Artistas 2”. Ela foi eliminada após um mês e meio de programa. Ele chegou à final e terminou em 3º lugar. Ao sair da confinamento, os dois mantiveram um relacionamento até 2006.

Desde 2016 ele é casado com a atriz Danielle Winits, com quem mora atualmente no Rio. Gonçalves também é pai de Manuela, de 23 anos, da relação com Tereza Seiblitz, e de Pedro Arthur, de 19, fruto de seu relacionamento com Myrian Rios – ambas também atrizes.

Fora da Globo, o ator participou de “Jesus” (2018), da TV Record no papel do personagem bíblico Barrabás, e entrou na série “Impuros”, que teve a 3ª temporada lançada em agosto na plataforma Star+.