Instagram/Adele

Adele “evolui” em seu primeiro clipe em cinco anos

A cantora Adele lançou nesta quinta (14/10) o vídeo musical de “Easy On Me”, seu primeiro clipe em cinco anos – o último tinha sido “Send My Love (To Your New Lover)”, em maio de 2016.

O vídeo retoma a parceria com o diretor canadense Xavier Dolan (“É Apenas o Fim do Mundo”), que já a havia dirigido no clipe de “Hello” em 2015. E se apresenta em cinco fases distintas.

No começo, há o silêncio, um minuto inteiro de Adele calada numa casa de campo, seguido por voz, 30 segundos de Adele falando ao telefone, antes da música começar a tocar.

Lá pela metade, a tradição dos clipes em preto e branco da cantora se encerra com a chegada de cores. Mas nada de cores vivas. São texturas esmaecidas, em tom pastel.

Ao final, o vento que sempre costuma bater em seus clipes vira piada, com o aumento da velocidade dos ventiladores para fazê-la gargalhar, rompendo a quarta parede segundos antes do diretor pedir o corte.

A ideia é mostrar que Adele mudou. Melhor ainda, “evoluiu”.

“Easy On Me” é uma balada sentimental, em que a cantora pede para perdoarem eventuais erros que cometeu. “Pega leva comigo, baby. Eu ainda era uma criança. Não tinha tido a chance de sentir o mundo ao meu redor”, ela canta no refrão. E como canta.

A combinação de voz e piano dá a impressão que o tempo não passou. Na verdade, o tempo retrocedeu, como se o pop à plenos pulmões de Whitney Houston – estilo favorito dos calouros do “American Idol” – fosse a última moda.

A música é o primeiro single de “30”, o novo álbum de Adele – e mais um disco batizado em homenagem a uma idade crucial na vida da cantora, após “25” e “21” – que será lançado em 19 de novembro.