Divulgação/Botafogo

Felipe Neto e Marcelo Adnet ajudam Botafogo a contratar lateral Rafael

O youtuber Felipe Neto e o comediante Marcelo Adnet ajudaram o Botafogo financeiramente a contratar um jogador de futebol badalado, o lateral Rafael, ex-Manchester United. O contrato terá duração de três anos, e o anúncio oficial será feito em breve.

Os torcedores ilustres ajudaram o time a chegar ao valor de luvas pedido pelo atleta. A entrada do clube no mercado de tokens também foi decisiva na modelagem financeira da negociação.

A negociação começou na semana passada. Na terça-feira, 31 de agosto, o presidente do Botafogo, Durcesio Mello, recebeu de um influenciador a informação de que Rafael tinha proposta do Fluminense, mas que mantinha o sonho de jogar em General Severiano. Ele, então, acionou o CEO Jorge Braga e o diretor de futebol Eduardo Freeland, além de fazer contato com o agente Matheus Braga, um dos representantes do jogador. As conversas começaram e, já na quarta-feira, Rafael se animou – publicando nas suas redes sociais que “o sonho de criança vai ser realizado”.

Argumentando que o clube não poderia repetir erros do passado – e gastar além de sua capacidade – , Braga pediu um estudo ao diretor comercial do clube, Lenin Franco, para identificar os recursos que a chegada de Rafael poderia gerar ao programa Camisa 7 de sócio-torcedor e em produtos comerciais.

A primeira conversa informal foi animadora, mas na madrugada de sexta-feira, quando o Botafogo enviou uma proposta por escrito, o valor não chegava à metade nas luvas.

Rafael baixou sua pedida e deu ao Botafogo prazo curto para responder. Depois de nova correria para viabilizar a diferença, os dirigentes decidiram ser criativos e buscar apoio financeiro entre torcedores ilustres. O empresário e youtuber Felipe Neto emprestou R$ 250 mil e se empenhou pessoalmente em arrumar mais recursos. O humorista Marcelo Adnet também compareceu. Com a colaboração de alguns outros botafoguenses, o clube conseguiu assegurar o montante necessário e viabilizar a negociação.

Em seu Instagram, o jogador deu o sinal de que vestirá o número 7 e será o grande ativador do programa de sócio-torcedor alvinegro, batizado justamente de Camisa 7.

Rafael foi revelado pelo Fluminense e virou jogador do Manchester United aos 18 anos, em 2008. Ele permaneceu no clube inglês até 2015. De lá foi para o Lyon, na França, onde ficou por mais cinco anos. Na última temporada, estava no Istambul Basaksehir, da Turquia.