Divulgação/Television Academy

Um Emmy para entrar para a História acontece neste domingo

A 73ª edição do Emmy Awards, maior premiação da indústria televisiva dos EUA, acontece neste domingo (19/9) em Los Angeles, com transmissão ao vivo no Brasil pelos canais pagos TNT e TNT Series a partir das 20h30.

Entre os prêmios em jogo, estão consagrações históricas. Michaela Jaé (MJ) Rodriguez já chega ao evento com o feito de ser a primeira transexual indicada ao Emmy de Melhor Atriz de Drama. A vitória da estrela de “Pose” quebraria a internet, mas a concorrência é dura.

Já a disputa de Melhor Série de Comédia deve render uma conquista inédita para a Apple TV+, graças ao favoritismo de “Ted Lasso”. Seria a consagração de uma das big techs mais tradicionais e sinal das mudanças atuais do mundo do entretenimento.

Além disso, a Netflix nunca esteve tão perto de suplantar a HBO como nova força “televisiva”.

O principal fato histórico da véspera do Emmy 2021 é que, de fato, a HBO morreu.

A possível conquista da Netflix, que seria símbolo de uma mudança de hábitos, com o crescimento dos streamings sobre a TV paga, foi atropelada pela chegada da HBO Max e a decisão da Warner de submeter suas séries da TV paga junto com as de streaming, como se tudo fosse HBO Max. E esta iniciativa teve como efeito colateral encerrar o domínio da HBO sobre a premiação e alterar o tom do Emmy deste ano de forma dramática.

O Emmy 2021 não será uma reprise dos últimos embates da TV paga versus streaming. Em vez disso, este é o primeiro ano em que a premiação da Academia de Televisão dos EUA acontecerá no campo minado da guerra dos streamings.

E a Netflix já abriu vantagem, iniciando a cerimônia deste domingo com 34 vitórias na premiação técnica, conhecida como Creative Arts Emmy, que aconteceu no fim de semana passado.

Como são mais de 100 troféus (119, exatamente), o Emmy é dividido em três dias, com a maioria dos troféus entregues a professionais de bastidores uma semana antes do tapete vermelho dos astros famosos.

Várias atrações já chegam ao evento principal com vitórias nas categorias técnicas. E o reconhecimento antecipado apontou que não é a HB0 Max, mas a Disney+ quem emerge como grande rival da Netflix nos novos tempos digitais. A plataforma da Disney teve 13 vitórias, graças principalmente à qualidade profissional de “The Mandalorian” (8 vitórias) e “WandaVision” (3), contra 10 da HBO Max.

Com 9 vitórias até o momento, “O Gâmbito da Rainha” disparou na frente com favorita nas categorias de Minissérie, diante da aposta de “Mare of Easttown”, na HBO Max, enquanto “The Crown” (4 vitórias técnicas) aparece com vantagem contra “Pose” (3) na briga pela estatueta de Melhor Série de Drama.

A cerimônia também registra aumento de diversidade e inclusão entre os indicados, e surpreende pelo reconhecimento obtido por séries de super-heróis, especialmente “WandaVision” e “The Boys”, que também disputarão o Emmy de Melhor Série de Drama – basicamente cumprindo tabela.

Depois de realizar uma premiação por Zoom no ano passado, a cerimônia deste ano acontecerá de forma presencial, com um número limitado de convidados e apresentação do comediante Cedric the Entertainer. Mas além do evento principal em Los Angeles, algumas produções estrangeiras terão seus próprios palcos em seus países de origem. A equipe britânica de “The Crown”, por exemplo, vai se reunir em Londres.

Vai assistir? Já sabe para quem torcer? Confira abaixo os prêmios em disputa.

Melhor Série – Drama
“The Boys”
“Bridgerton”
“The Crown”
“The Handmaid’s Tale”
“Lovecraft Country”
“The Madalorian”
“Pose”
“This Is Us”

Melhor Série – Comédia
“Black-ish”
“Cobra Kai”
“Emily em Paris”
“Hacks”
“The Flight Attendant”
“O Método Kominsky”
“Pen15”
“Ted Lasso”

Melhor Minissérie
“I May Destroy You”
“Mare of Easttown”
“O Gambito da Rainha”
“The Underground Railroad”
“WandaVision”

Melhor Ator – Série de Drama
Jonathan Majors (“Lovecraft Country”)
Josh O’Connor (“The Crown”)
Regé-Jean Page (“Bridgerton”)
Billy Porter (“Pose”)
Matthew Rhys (“Perry Mason”)
Sterling K. Brown (“This is Us”)

Melhor Ator Coadjuvante – Série de Drama
Giancarlo Esposito (“The Mandalorian”)
O-T Fagbenie (“The Handmaid’s Tale”)
John Lithgow (“Perry Mason”)
Tobias Menzies (“The Crown”)
Max Minghella (“The Handmaid’s Tale”)
Chris Sullivan (“This Is Us”)
Bradley Whitford (“The Handmaid’s Tale”)
Michael K. Williams (“Lovecraft Country”)

Melhor Atriz – Série de Drama
Uzo Aduba (“In Treatment”)
Olivia Colman (“The Crown”)
Emma Corrin (“The Crown”)
Elisabeth Moss (“The Handmaid’s Tale”)
Mj Rodriguez (“Pose”)
Jurnee Smollett (“Lovecrafty Country”)

Melhor Atriz Coadjuvante – Série de Drama
Gillian Anderson, “The Crown”
Helena Bonham Carter, “The Crown”
Emerald Fennell, “The Crown”
Madeline Brewer, “The Handmaid’s Tale”
Ann Dowd, “The Handmaid’s Tale”
Yvonne Strahovski, “The Handmaid’s Tale”
Samira Wiley, “The Handmaid’s Tale”
Aunjanue Ellis, “Lovecraft Country”

Melhor Ator – Série de Comédia
Anthony Anderson (“Black-ish”)
Michael Douglas (“O Método Kominsky”)
William H. Macy (“Shameless”)
Jason Sudeikis (“ted Lasso”)
Kenan Thompson (“Kenan”)

Melhor Ator Coadjuvante – Série de Comédia
Bowen Yang (“Saturday Night Live”)
Kenan Thompson (“Saturday Night Live”)
Brett Goldstein (“Ted Lasso”)
Brendan Hunt (“Ted Lasso”)
Nick Mohammed (“Ted Lasso”)
Jeremy Swift (“Ted Lasso”)
Paul Reiser (“O Método Kominsky”)
Carl Clemons-Hopkins (“Hacks”)

Melhor Atriz – Série de Comédia
Aidy Bryant (“Shrill”)
Kaley Cyuoco (“The Flight Attendant”)
Allison Janney (“Mom”)
Tracee Ellis Ross (“Black-ish”)
Jean Smart (“Hacks”)

Melhor Atriz Coadjuvante – Série de Comédia
Kate McKinnon (“Saturday Night Live”)
Cecily Strong (“Saturday Night Live”)
Aidy Bryant (“Saturday Night Live”)
Rosie Perez (“The Flight Attendant”)
Hannah Einbinder (“Hacks”)
Hannah Waddingham (“Ted Lasso”)
Juno Temple (“Ted Lasso”)

Melhor Ator – Minissérie ou Telefilme
Lin-Manuel Miranda (“Hamilton”)
Leslei Odom, Jr (“Hamilton”)
Paul Bettany (“Wandavision”)
Hugh Grant (“The Undoing”)
Ewan McGregor (“Halston”)

Melhor Ator Coadjuvante – Minissérie ou Telefilme
Daveed Diigs (“Hamilton”)
Jonathan Groff (“Hamilton”)
Anthony Ramos (“Hamilton”)
Thomas Brodie-Sangster (“O Gambito da Rainha”)
Evan Peters (“Mare of Easttown”)
Paapa Essiedu (“I May Destroy You”)

Melhor Atriz – Minissérie ou Telefilme
Michaela Coel (“I May Destroy You”)
Cynthia Erivo (“Genius: Aretha”)
Elizabeth Olsen (“WandaVision”)
Anya Taylor-Joy (“O Gambito da Rainha”)
Kate Winslet (“Mare of Easttown”)

Melhor Atriz Coadjuvante – Minissérie ou Telefilme
Jean Smart (“Mare of Easttown”)
Julianne Nicholson (“Mare of Easttown”)
Kathryn Hahn (“WandaVision”)
Phillipa Soo (“Hamilton”)
Renee Elise Goldsberry (“Hamilton”)
Moses Ingram (“O Gambito da Rainha”)

Melhor Talk-Show ou Programa de Variedades
“Conan”
“The Daily Show com Trevor Noah”
“Jimmy Kimmel Live”
“Last Week Tonight com John Oliver”
“The Late Show com Stephen Colbert”

Melhor Reality Show de Competição
“The Amazing Race”
“Nailed It”
“RuPaul’s Drag Race”
“Top Chef”
“The Voice”

Melhor Reality Show Estruturado
“Antiques Roadshow”
“Property Brothers: Forever Home”
“Queer Eye”
“Running Wild With Bear Grylls”
“Shark Tank”

Melhor Reality Show sem Estrutura
“Becoming”
“Below Deck”
“Indian Matchmaking”
“RuPaul’s Drag Race Untucked”
“Selling Sunset”

Melhor Roteiro – Série de Drama
Rebecca Sonnenshine (“The Boys”)
Peter Morgan (“The Crown”)
Yahlin Chang (“The Handmaid’s”)
Misha Green (“Lovecraft Country”)
Dave Filoni (“The Mandalorian”)
Jon Favreau (“The Mandalorian”)
Ryan Murphy, Brad Falchuk, Steven Canals, Janet Mock, Our Lady J (“Pose”)

Melhor Roteiro – Série de Comédia
Steve Yockey (“The Flight Attendant”)
Meredith Scardino (“Girls5eva”)
Lucia Aniello, Paul W. Downs, Jen Statsky (“Hacks”)
Maya Erskine (“Pen15”)
Jason Sudeikis, Brendan Hunt, Joe Kelly (“Ted Lasso”)
Jason Sudeikis, Bill Lawrence, Brendan Hunt, Joe Kelly (“Ted Lasso”)

Melhor Roteiro – Minissérie
Michaela Coel (“I May Destroy You”)
Brad Ingelsby (“Mare Of Easttown”)
Scott Frank (“O Gambito da Rainha”)
Chuck Hayward, Peter Cameron (“WandaVision”)
Jac Schaeffer (“WandaVision”)
Laura Donney (“WandaVision”)

Melhor Direção – Série de Drama
Julie Anne Robinson (“Bridgerton”)
Benjamin Caron (“The Crown”)
Jessica Hobbs (“The Crown”)
Liz Garbus (“The Handmaid’s Tale”)
Jon Favreau (“The Mandalorian”)
Steven Canals (“Pose”)

Melhor Direção – Série de Comédia
James Burrows (“B Positive”)
Susanna Fogel (“The Flight Attendant”)
Lucia Aniello (“Hacks”)
James Widdoes (“Mom”)
Zach Braff (“Ted Lasso”)
MJ Delaney (“Ted Lasso”)
Declan Lowney (“Ted Lasso”)

Melhor Direção – Minissérie ou Antologia
Thomas Kail (“Hamilton”)
Michaela Coel (“I May Destroy You”)
Sam Miller (“I May Destroy You”)
Craig Zobel (“Mare Of Easttown”)
Scott Frank (“O Gambito da Rainha”)
Barry Jenkins (“The Underground Railroad”)
Matt Shakman (“WandaVision”)