Divulgação/Milestone

Kaycee Moore (1944-2021)

A atriz Kaycee Moore, estrela dos drama indies cultuados “O Matador de Ovelhas” (1978) e “Abençoe seus Pequeninos Corações” (1983), morreu em 13 de agosto aos 77 anos.

Nascido em Kansas City em 1944, Moore conheceu o diretor Charles Burnett enquanto ele ainda estava na escola de cinema da UCLA, e conseguiu seu primeiro papel importante em seu filme de 1978, “O Matador de Ovelhas”. Burnett, que recebeu um Oscar honorário em 2018 por sua carreira, estreou no cinema com aquele filme, retratando a realidade da opressão socioeconômica enfrentada pela comunidade negra em Los Angeles na década de 1970.

Cinco anos depois, Moore voltou a trabalhar com o cineasta em “Abençoe seus Pequeninos Corações”, escrito e fotografado por Burnett e dirigido por Billy Woodberry. O filme era uma continuação temática do anterior, passado na mesma comunidade. A trama acompanhava uma família em Watts, bairro pobre de Los Angeles, em sua trajetória de raça, dinheiro e gênero, e foi aclamado pela crítica.

Moore ainda apareceu em “Filhas de Pó” (1991), de Julie Dash, que junto com os dois anteriores foram selecionados para preservação no Nacional de Filmes da Biblioteca do Congresso por seu importante impacto artístico e representação da experiência negra em América.

Ela se afastou do cinema após “Ninth Street”, dirigido por Tim Rebman e Kevin Willmott em 1999.

Paralelamente à carreira artística, juntou-se ao trabalho de sua mãe pela mobilização em prol de pacientes com doença falciforme e suas famílias. De 1984 a 1998, ela atuou como diretora executiva da seção de Kansas City da Sickle Cell Disease Association.