Instagram/Sérgio Hondjakoff

Ator de “Malhação” ficou preso em clínica ilegal

O ator Sérgio Hondjakoff, que interpretou o personagem Cabeção em “Malhação”, entre 2000 e 2006, foi uma das pessoas encontradas presas numa clínica de reabilitação de Pindamonhangaba, no interior de São Paulo, durante uma ação da polícia civil no começo de agosto.

A dona da clínica, Danielle do Amaral Calino, foi presa nesta terça-feira (17/8) na cidade paulista, denunciada à Justiça pelo sequestro do ator e outras 45 pessoas. Além dela, outros dois funcionários detidos no dia do flagrante permanecem presos.

A ação do Ministério Público aconteceu após uma série de denúncias de maus tratos e cárcere privado, que apontavam que internos eram mantidos no local contra sua vontade – o que não é permitido por lei – além de serem isolados do contato com as famílias.

Segundo a Polícia, os pacientes recebiam principalmente salsicha e hambúrguer como alimentação e as famílias pagavam de R$ 800 a até R$ 1,2 mil por cada internação.

Em um primeiro momento, Hondjakoff chegou a negar que tivesse sido resgatado do cárcere privado, mas acabou confirmando num áudio aos fãs.

“Tudo o que está nas redes, na internet, fica lá para sempre, e menti porque não queria que meu filho tomasse conhecimento um dia desse fato, depois de ele já ter nascido. Peço que entendam a minha situação e me perdoem”, disse o ator.