Instagram/Lilia Cabral

Lojistas de Niterói querem desfazer homenagem a Paulo Gustavo em nome de rua

O Sindicato dos Lojistas do Comércio de Niterói (Sindilojas Niterói) apelou ao prefeito da cidade, Axel Grael, para que reverta a alteração do nome da Rua Coronel Moreira César, rebatizada como Rua Ator Paulo Gustavo após a morte do artista.

A reclamação tem como justificativa um suposto prejuízo aos comerciantes da região, que precisarão arcar com os custos de alterar o endereço em materiais de marketing, e também nos documentos de suas empresas, já que fornecedores não fecham contratos caso o nome da rua esteja diferente no endereço de entrega e no CNPJ.

Em ofício enviado à Prefeitura no dia 10 de maio, antes da aprovação da mudança, o sindicato afirmou que vê como “justíssima” a homenagem, mas questiona: “Guardadas as devidas proporções, imagine o Rio de Janeiro trocar o nome da Avenida Rio Branco, ou São Paulo rebatizar a Avenida Paulista. Pois é o que, numa escala obviamente muitíssimo menor, a Moreira César representa para Niterói”.

Além da reclamação do Sindilojas, o Conselho Comunitário da Orla da Baía de Niterói (CCOB) fez uma representação ao Ministério Público do Rio de Janeiro alegando uma suposta irregularidade na mudança de nome da rua.

Neste caso, a representação foi indeferida. Em sua decisão, a promotora Renata Scarpa afirmou que “a alteração do nome da rua trará ainda mais visibilidade ao logradouro e, consequentemente, ao comércio.”

Desde a mudança, várias celebridades como Fábio Porchat, Tatá Werneck, Lilia Cabral e Regina Casé comemoraram o novo nome da rua, postando imagens da placa e comprovando a tese de que a troca do nome tende a beneficiar o comércio por se tornar um atrativo turístico, com o consequente aumento da circulação na região.

Além disso, como qualquer microempresário sabe, os custos contábeis para alteração de endereço comercial são baixos.