Divulgação/Substância Filmes

Dois curtas brasileiros são selecionados para o Festival de Cannes

A organização do Festival de Cannes selecionou os curta-metragens brasileiros “Sideral”, de Carlos Segundo, e “Céu de Agosto”, de Jasmin Tenucci, para a disputa da Palma de Ouro da categoria

Produção do Rio Grande do Norte, “Sideral” contou com ajuda financeira da Lei Aldir Blanc, solução encontrada pelo Congresso para apoiar parcialmente projetos paralisados pela inoperância da Ancine sob o governo Bolsonaro, enquanto “Céu de Agosto” teve première no Festival de Tiradentes deste ano. Ao todo, 3739 curtas foram assistidos pelo comitê de seleção, e apenas dez concorrerão ao prêmio.

Entre os demais selecionados, a competição contará pela primeira vez com obras de Kosovo e Macedônia – além de representantes da Dinamarca, China, França, Hong Kong, Irã e Portugal.

A 74ª edição do Festival de Cannes será realizada de 6 a 17 de julho.