Divulgação/Netflix

“Oxigênio” estreia na Netflix com aprovação maior que filmes do Oscar 2021

O suspense francês “Oxigênio” estreou nesta quarta-feira (12/5) na Netflix com elogios rasgados da crítica internacional. A produção atingiu 95% de aprovação na análise do site Rotten Tomatoes, que considerou 41 críticas publicadas nos Estados Unidos.

A nota é maior que as dos dois títulos da plataforma indicados para disputar o Oscar 2021 na categoria de Melhor Filme do ano: “Os Sete de Chicago” (89%) e “Mank” (83%).

“‘Oxigênio’ não vai deixá-lo sem fôlego, mas deve deixá-lo pensando – e surpreso. Para esse tipo de filme, este talvez seja o combustível mais precioso de todos”, diz o trecho destacado da crítica da rede CNN.

Dirigido pelo cineasta francês Alexandre Aja (“Predadores Assassinos”), o filme traz Mélanie Laurent (“Truque de Mestre”) presa em local desconhecido e lutando para sobreviver com oxigênio limitado. Ela acorda isolada em uma cápsula de criogenia, sem memórias e aos poucos percebe que o segredo para sua sobrevivência pode estar na descoberta de sua própria identidade.

Apesar da história se concentrar na experiência claustrofóbica da estrela francesa, o elenco também inclui Mathieu Amalric (“O Som do Silêncio!”) e Marc Saez (“Borgia”).

Veja o trailer abaixo.