Divulgação/WarnerMedia

Os Ausentes: HBO Max estreia com série brasileira inédita

A HBO Max vai chegar ao Brasil trazendo em sua programação uma série nacional inédita. “Os Ausentes” já está prontinha e será disponibilizada na íntegra do lançamento do novo serviço de streaming em junho.

A novidade, na verdade, é um remanejamento da WarnerMedia. A atração foi produzida para o canal pago TNT, mas a pandemia adiou sua estreia e acabou mudando seu destino.

O mais curioso é que o projeto original foi concebido pela roteirista Maria Carmem Barbosa para a Globo. E bem antes do canal começar a investir em produções para seu próprio negócio de streaming, a Globoplay.

Barbosa propôs a série em 2015 visando trocar de estilo, após trabalhar em atrações mais leves, como “Sandy & Junior”, “A Lua Me Disse” e “Toma Lá, Dá Cá”. Mas a Globo não se interessou e o projeto foi parar na produtora independente Panorâmica (de “Rotas do Ódio”), que, por sua vez, atraiu a TNT.

Os episódios, escritos por Thiago Luciano (“Fica Mais Escuro Antes do Amanhecer”) e dirigidos por Caroline Fioratti (“Unidade Básica”) e Raoni Rodrigues (“Quebrando o Tabú”), foram gravados em 2019 e deveriam ir ao ar no ano passado. Agora, vêm a luz como destaque da HBO Max.

Com 10 episódios, a série tem estrutura procedimental e acompanha o ex-delegado Raul Fagnani, que decide abrir uma agência de investigação de pessoas desaparecidas após o sumiço de Sofia, sua filha de cinco anos. A cada episódio ele investiga o destino de um dos ausentes do título. Mas essa rotina é complicada pela chegada de Maria Júlia, uma jovem que fugiu de Buenos Aires após seu pai sumir misteriosamente. Sua chegada é como um furacão na rotina da agência.

Os atores Erom Cordeiro (“A Divisão”) e Maria Flor (“3%”) têm os papéis principais.

Segundo anunciou a HBO Max, a ideia é desenvolver nos próximos dois anos mais de 100 projetos nos países em que o streaming estará presente. Além de séries, a intenção também é produzir filmes, com cinco longas brasileiros previstos para chegar à plataforma nos próximos três anos.