Divulgação/FX

Pose: Trailer da última temporada reflete impacto da Aids na cena LGBTQ+

O canal pago americano FX divulgou o pôster e o trailer da 3ª e última temporada de “Pose”. A prévia tem tom dramático e reflete como a cultura LGBTQ e a cena dos ballrooms nova-iorquinos foram afetadas pelo impacto da Aids.

“Os bailes não são mais o que costumavam ser. Prêmios em dinheiro e dublagens cafonas. Havia um senso de urgência na comunidade. E então as pessoas começaram a morrer”, resume Pray Tell, o mestre de cerimônias do ballroom, interpretado pelo vencedor do Emmy Billy Porter.

Na fase final, a trama vai saltar de 1991 para 1994, quando a cena original é uma memória distante para Blanca (MJ Rodriguez), que luta para equilibrar suas atividades como mãe, parceira de um novo amor e seu novo papel como auxiliar de enfermagem num hospital. Enquanto isso, à medida que a AIDS se torna a principal causa de morte de americanos com idades entre 25 e 44 anos, Pray Tell enfrenta problemas de saúde inesperados. Paralelamente, o surgimento de uma nova e poderosa casa força os membros da Casa Evangelista a lutar por seu legado.

A série premiada foi um dos últimos programas criados pelo produtor Ryan Murphy no FX, antes de surpreender a indústria com sua mudança para a Netflix. Mas o co-criador Steven Canals permaneceu no canal, agora sob administração da Disney, e apesar do final de “Pose” está preparando outra série com tema LGBTQ+ para exibição no FX.

A última temporada começa a ser exibida no dia 2 de maio nos Estados Unidos.

No Brasil, a série é disponibilizada pela Netflix.