Divulgação/Sony

É o Fim: Seth Rogen confirma briga com Emma Watson nos bastidores de filme de 2013

Demorou oito anos, mas o ator Seth Rogen finalmente abordou os rumores sobre problemas com Emma Watson durante as filmagens da comédia “É o Fim”, que ele estrelou, escreveu e dirigiu em 2013. A suposta briga entre os dois era um boato que chegou a alguns blogs, mas nunca tinha sido verificado.

Em entrevista à revista GQ, Rogen confirmou que a briga realmente aconteceu, mas ela provavelmente tinha razão.

Ele explicou que o desentendimento ocorreu pela recusa de Emma em participar de uma cena na qual Danny McBride interpretaria um canibal, enquanto Channing Tatum, de cueca de couro, aparece preso a uma coleira como seu escravo. A atriz teria considerado a sequência de mau gosto e politicamente incorreta, e acabou abandonando a produção antes de encerrar sua participação oficial.

“Eu não olho para trás e penso: ‘Como ela se atreveu a fazer isso?’, sabe? Acredito que, às vezes, quando você lê algo e isso ganha vida, não parece ser o que você pensava, que foi o que aconteceu com ela. Mas não foi um final terrível para nossa relação. Ela voltou no dia seguinte para se despedir. Ela ajudou a promover o filme”, contou o ator.

Rogen acrescentou que não ficou magoado. “Sem ressentimentos. Eu não poderia ter ficado mais feliz com a forma como o filme foi recebido. Além disso, ela provavelmente estava certa. Provavelmente foi mais engraçado como acabamos fazendo”, concluiu.

Primeiro filme dirigido pelo comediante, “É o Fim” mostrava vários atores famosos interpretando a si mesmos durante uma festa, quando o apocalipse tem início. Com um elenco estelar, que ainda incluía James Franco, Paul Rudd, Jay Baruchel, Jonah Hill, Craig Robinson, Michael Cera, Mindy Kaling e a cantora Rihanna, o longa arrecadou mais de US$ 126 milhões nas bilheterias, quatro vezes seu orçamento de US$ 32 milhões.

Relembre o trailer do filme abaixo.