Divulgação/Searchlight Pictures

Critics Choice 2021 consolida trajetória premiada de Nomadland

“Nomadland” somou mais uma vitória em seu currículo rumo ao Oscar 2021. Vencedor dos festivais de Veneza, de Toronto, do Globo de Ouro e, na noite de domingo (7/3), do Critics Choice Awards 2021, a obra de Chloé Zhao é o filme a ser batido na temporada de premiações.

Suas conquistas como Melhor Filme, Direção, Roteiro Adaptado e Fotografia no evento da crítica americana, porém, foram saudadas com discursos agridoces, dedicados ao mixador de som Michael Wolf Snyder, que se suicidou na semana passada, aos 35 anos.

Além de confirmar o favoritismo de “Nomadland”, o Critics Choice valorizou “Bela Vingança”, uma boa surpresa entre os prêmios principais, com os troféus de Melhor Atriz para Carey Mulligan e Melhor Roteiro Original para a cineasta Emerald Fennell. Também reforçou a condição de imbatíveis do falecido Chadwick Boseman, Melhor Ator por “A Voz Suprema do Blues”, e Daniel Kaluuya, Melhor Ator Coadjvuante por “Judas e o Messias Negro”. Já a escolha de Melhor Atriz Coadjuvante ficou com Maria Bakalova, de “Borat: Fita de Cinema Seguinte”.

Nas categorias televisivas, “O Gambito da Rainha” liderou entre as minisséries, “The Crown” sobrou entre as séries de drama, mas a categoria de comédia subverteu as expectativas criadas por “Schitt’s Creek”, que, apesar de levar dois troféus de atuação, ficou atrás dos três de “Ted Lasso”, inclusive o de Melhor Série de Comédia.

Entre os produtores, a Netflix liderou em número de prêmios, com 14 vitórias no total, seguida à muita distância por Amazon Studios e Searchlight Pictures, ambos com quatro troféus. Graças a “Ted Lasso”, a Apple TV+ ficou à frente até da HBO, com três troféus contra dois do canal pago (por “Lovecraft Country” e “The Undoing”).

Ao final, o Critics Choice 2021 teve convergências e divergências com o controvertido Globo de Ouro, mas para deixar bem claras as diferenças entre os dois eventos, a certa altura o apresentador Taye Diggs tratou de lembrar que o Critics Choice é o prêmio de maior representatividade da crítica, contando com cerca de 400 eleitores de todas as etnias. A frase foi um tapa de luva de pelica no prêmio rival, escolhido por cerca de 80 eleitores, nenhum deles negro.

Veja abaixo a lista completa dos vencedores.

CINEMA

Melhor Filme
“Nomadland”

Melhor Ator
Chadwick Boseman – “A Voz Suprema do Blues”

Melhor Atriz
Carey Mulligan – “Bela Vingança”

Melhor Ator Coadjuvante
Daniel Kaluuya – “Judas e o Messias Negro”

Melhor Atriz Coadjuvante
Maria Bakalova – “Borat: Fita de Cinema Seguinte”

Melhor Jovem Ator/Atriz
Alan Kim – “Minari – Em Busca da Felicidade”

Melhor Elenco
“Os 7 de Chicago”

Melhor Diretor
Chloé Zhao – “Nomadland”

Melhor Roteiro Original
Emerald Fennell – “Bela Vingança”

Melhor Roteiro Adaptado
Chloé Zhao – “Nomadland”

Melhor Fotografia
Joshua James Richards – “Nomadland”

Melhor Design de Produção
Donald Graham Burt, Jan Pascale – “Mank”

Melhor Edição
Alan Baumgarten – “Os 7 de Chicago”
Mikkel E. G. Nielsen – “O Som do Silêncio”

Melhor Figurino
Ann Roth – “A Voz Suprema do Blues”

Melhor Cabelo e Maquiagem
“A Voz Suprema do Blues”

Melhores Efeitos Visuais
“Tenet”

Melhor Trilha Sonora
Trent Reznor & Atticus Ross – “Soul”

Melhor Canção Original
Speak Now – “Uma Noite em Miami”

Melhor Filme de Comédia
“Palm Springs” (Hulu e NEON)

Melhor Filme em Língua Estrangeira
“Minari – Em Busca da Felicidade” (A24)

Televisão

Melhor Série – Drama
“The Crown”

Melhor Série – Comédia
“Ted Lasso”

Melhor Ator em Série – Drama
Josh O’Connor (“The Crown”)

Melhor Atriz em Série – Drama
Emma Corrin (“The Crown”)

Melhor Ator Coadjuvante em Série – Drama
Michael K. Williams (“Lovecraft Country”)

Melhor Atriz Coadjuvante em Série – Drama
Gillian Anderson (“The Crown”)

Melhor Ator em Série – Comédia
Jason Sudeikis (“Ted Lasso”)

Melhor Atriz em Série – Comédia
Catherine O’Hara (“Schitt’s Creek”)

Melhor Ator Coadjuvante em Série – Comédia
Daniel Levy (“Schitt’s Creek”)

Melhor Atriz Coadjuvante em Série – Comédia
Hannah Waddingham (“Ted Lasso”)

Melhor Minissérie
“O Gambito da Rainha”

Melhor Telefilme
“Hamilton”

Melhor Ator – Minissérie ou Telefilme
John Boyega (“Small Axe”)

Melhor Atriz – Minissérie ou Telefilme
Anya Taylor-Joy (“O Gambito da Rainha”)

Melhor Ator Coadjuvante – Minissérie ou Telefilme
Donald Sutherland (“The Undoing”)

Melhor Atriz Coadjuvante – Minissérie ou Telefilme
Uzo Aduba (“Mrs. America”)

Melhor Talk Show
“Late Night with Seth Meyers”

Melhor Especial de Comédia
“Jerry Seinfeld: 23 Hours to Kill”
“Michelle Buteau: Welcome to Buteaupia”

Melhor Série de Curta Duração
“Better Call Saul: Ethics Training with Kim Wexler”