Divulgação/Lifetime

Documentário traça paralelos entre mortes de Whitney Houston e sua filha

O canal pago Lifetime divulgou o trailer do documentário sobre Whitney Houston e sua filha, “Whitney Houston & Bobbi Kristina: Didn’t We Almost Have It All”. A produção detalha o vínculo especial que mãe e filha compartilhavam e as trágicas circunstâncias que levaram às suas mortes.

A prévia traz entrevistas com pessoas próximas a Whitney e Bobbi Kristina Brown, além de traçar paralelos entre os destinos de mãe e filha. Whitney foi encontrada morta em seu quarto de hotel, em Beverly Hills, no dia 11 de fevereiro de 2012, submersa em uma banheira. Já em janeiro de 2015, Bobbi também foi encontrada inconsciente em uma banheira, em sua casa na Geórgia. Ela entrou em coma e morreu seis meses depois de pneumonia, em decorrência de imersão na água após o uso de drogas. “O fato de ela ter sido encontrada em uma banheira com o mesmo destino de sua mãe não faz nenhum sentido”, disse Sarah Beckmann, amiga de Brown.

Segundo a sinopse oficial, “as duas enfrentaram lutas semelhantes — vivendo na sombra de suas mães famosas, criticadas por suas escolhas amorosas e muitas vezes usadas ​​por sua fama e fortuna… e ambas se voltaram para as drogas e o álcool para aliviar a pressão de estarem sob os holofotes”.

Para completar, o Lifetime afirma que o documentário é “um olhar emocional e sincero sobre os altos e baixos de suas histórias pessoais e uma celebração de suas vidas”.

A estreia acontece em 6 de fevereiro nos EUA.