Divulgação/A24

Críticos de Nova York elegem First Cow melhor filme do ano

Além de eleger “Bacurau” como o Melhor Filme Internacional de 2020, o New York Film Critics Circle, associação de críticos de cinema residentes de Nova York, destacou o drama indie “First Cow”, da cineasta Kelly Reichardt (“Certas Mulheres”), como o Filme do Ano nos EUA.

A produção realizada pelo estúdio A24 segue um cozinheiro habilidoso (John Magaro) que viaja para o Oeste e se junta a um grupo de caçadores de peles em Oregon. Ele encontra uma verdadeira conexão com um imigrante chinês que também busca sua fortuna e, logo, os dois colaboram em um negócio de sucesso.

Os críticos nova-iorquinos também escolheram uma cineasta feminina como vencedora do prêmio de Melhor Direção, Chloe Zhao, por “Nomadland” – filme que faturou os festivais de Veneza e Toronto.

A lista também destaca o elenco de “Destacamento Blood”, de Spike Lee, nos prêmios de interpretação masculina, reconhecendo Delroy Lindo como Melhor Ator e o falecido Chadwick Boseman como Melhor Ator Coadjuvante.

Já os prêmios de atuação feminina foram para Sidney Flanigan, Melhor Atriz por “Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre”, e Maria Bakalova, pelo desempenho como Tutar, a filha de Borat, na comédia “Borat: Fita de Cinema Seguinte”.

“Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre” ainda foi celebrado na categoria de Melhor Roteiro, enquanto os cinco filmes do projeto “Small Axe”, do diretor Steve McQueen (“12 Anos de Escravidão”) para a Amazon, foram premiados como Melhor Fotografia.

Veja a lista completa da premiação abaixo.

Melhor Filme: “First Cow”, de Kelly Reichardt
Melhor Direção: “Chloé Zhao” (“Nomadland”)
Melhor Filme de Estreia: “The Forty-Year-Old Version”, de Rhada Black
Melhor Ator: Delroy Lindo (“Destacamento Blood”)
Melhor Atriz: Sidney Flanigan (“Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre”)
Melhor Ator Coadjuvante: Chadwick Boseman (“Destacamento Blood”)
Melhor Atriz Coadjuvante: Maria Bakalova (“Borat: Fita de Cinema Seguinte”)
Melhor Roteiro: Eliza Hittman (“Nunca, Raramente, Às Vezes, Sempre”)
Melhor Fotografia: “Small Axe” (todos os filmes do projeto de Steve McQueen na Amazon)
Melhor Filme Estrangeiro: “Bacurau” (Brasil), de Kléber Mendonça Filho e Juliano Dornelles
Melhor Documentário: “Time”, de Garrett Bradley
Melhor Animação: “Wolfwalkers”, de Tomm Moore e Ross Stewart.
Prêmios Especiais: Kino Lorber, pela criação de Kino Marquee, um serviço de distribuição de cinema virtual que foi projetado para ajudar a apoiar as salas de cinema, não destruí-las, e Spike Lee por inspirar a comunidade de Nova York com seu curta-metragem “New York New York” e por defender uma sociedade melhor por meio do cinema.