Divulgação/Netflix

The Witcher: Gravações da 2ª temporada são paralisadas por casos de covid-19

A Netflix interrompeu as gravações de “The Witcher” no Reino Unido após testes detectarem quatro casos positivos de covid-19 entre membros da produção.

Os testes foram realizados neste sábado (7/11), de acordo com o site Deadline, e a Netflix pretende fazer uma nova rodada de testes individuais em todos os envolvidos no programa.

As pessoas contaminadas já foram isoladas e, ainda segundo o Deadline, não fazem parte do elenco principal.

As gravações estão acontecendo no Arborfield Studios, a oeste de Londres, e devem ser retomadas assim que a plataforma estiver confiante de que o set está totalmente seguro.

Esta é a segunda vez que a produção da 2ª temporada da série precisou ser pausada por casos de coronavírus. A primeira vez aconteceu no começo da pandemia, quando o ator Kristofer Hivju revelou que seu teste deu positivo em março. Essa pausa foi ampliada por um lockdown em todo o Reino Unido, que se estendeu até meados de agosto.

Recentemente, a Inglaterra enfrenta a segunda onda da pandemia, que tem resultado em números recordes de infecção. Desta vez, porém, o governo do Primeiro Ministro Boris Johnson não interrompeu as produções de cinema e filmes, por considerar que os protocolos criados para garantir a segurança dos sets e isolar casos de contaminação estão funcionando adequadamente para impedir surtos nas produções. Já os cinemas, teatros, casas de shows, bares e restaurantes foram todos fechados até o começo de dezembro.

“The Witcher” é um dos maiores sucessos da Netflix, com a 1ª temporada assistida em 76 milhões de lares.

A série é estrelada por Henry Cavill (o Superman dos filmes da Warner) como Geralt de Rivia, um caçador de monstros solitário, que luta para encontrar seu lugar em um mundo onde as pessoas costumam ser mais perversas do que os animais.

De acordo com a sinopse divulgada do segundo ano, Geralt de Rivia passa a crer que a vida de Yennefer (Anya Chalotra) foi perdida na Batalha de Sodden e aceita se tornar protetor da princesa Cirilla (Freya Allan), levando-a ao lugar mais seguro que ele conhece, sua casa de infância, Kaer Morhen. Enquanto os reis, elfos, humanos e demônios do continente lutam pela supremacia, ele deve proteger a garota de algo muito mais perigoso: o misterioso poder que ela possui em seu interior.

Em seu cronograma original, a Netflix pretendia exibir os novos episódios a partir de fevereiro de 2021.