Divulgação/GBGB International

Grizzly II: Terror perdido com George Clooney e Laura Dern é resgatado após 37 anos

Um terror de 37 anos atrás, que durante muitos anos teve sua existência questionada, vai finalmente ganhar estreia comercial, destacando interpretações do começo das carreiras de George Clooney, Laura Dern e Charlie Sheen. “Grizzly II: Revenge” (1983), continuação de “Grizzly, a Fera Assassina” (1976), ganhou seu primeiro trailer, antecipando o lançamento digital, após fazer sua primeira exibição pública em fevereiro num festival de cinema independente dos EUA.

A maior parte do filme chegou a ser completada em 1983, mas o produtor executivo John Proctor fugiu com o dinheiro que deveria bancar as cenas finais do urso mecânico. A criatura, que deveria ser assustadora, era defeituosa, pegou fogo e acabou confiscada pelas autoridades de Budapeste, na Hungria, onde o longa foi rodado, junto com todo o equipamento das filmagens para o pagamento de dívidas do produtor.

O Cannon Group comprou os negativos em 1987, planejando encontrar um filme na pós-produção, mas a empresa começou a ter problemas financeiros logo em seguida e o projeto nunca foi completado. A existência do longa só era confirmado por relatos dos envolvidos, até que em 2007 uma versão não finalizada surgiu na internet. Finalmente, em 2019, a empresa GBGB International assumiu a missão de resgatar o longa dos arquivos. A prévia deste esforço pode ser conferida abaixo.

A trama girava em torno de um urso vingativo que aterrorizava jovens durante um show num parque nacional dos Estados Unidos. Clooney e Sheen vivam seus primeiros personagens nomeados num filme (após aparecerem anteriormente como figurantes sem nome). Mais velho, Clooney tinha 22 anos, Sheen, 18, e a pequena Laura Dern, mais experiente que ambos, estava em seu terceiro longa com apenas 16 anos.

Eles aparecem rapidamente, como as primeiras vítimas do bicho, deixando John Rhys-Davies (Gimli, de “O Senhor dos Anéis”), Steve Inwood (“Os Embalos de Sábado Continuam”) e a veterana Louise Fletcher (vencedora do Oscar por “O Estranho no Ninho”) para enfrentar a fera.

“Grizzly II: Revenge” marcou a estreia na direção do húngaro André Szöts, e foi também o final de sua carreira.