Divulgação/MK2

Festival Sesc Melhores Filmes disponibiliza sucessos da crítica de graça

Principal endereço do cinema de arte de São Paulo, o Cinesesc começou a 46ª edição de seu Festival Sesc Melhores Filmes, que este ano acontece online e de graça, na plataforma Em Casa com Sesc.

A seleção reúne 13 dos melhores principais títulos lançados nos cinemas brasileiros em 2019, como o polonês “Guerra Fria”, Melhor Direção em Cannes e indicado ao Oscar de Filme Estrangeiro, o dinamarquês “Rainha de Copas”, prêmio do público em Sundance, e o sueco “Border”, igualmente premiado em Cannes.

A maioria, porém, são títulos nacionais, entre eles dois longas também premiados em Cannes, “Bacurau”, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, e “Chuva É Cantoria na Aldeia dos Mortos”, de João Salaviza e Renée Nader Messora.

Alguns títulos ficarão disponíveis por 30 dias na plataforma digital, mas outros, como o citado “Bacurau”, terão sessão única – neste caso, no domingo (23/8).

O acesso aos filmes estão disponíveis no site oficial: https://melhoresfilmes.sescsp.org.br/.

A lista de títulos pode ser conferida abaixo.

“Bacurau”, de Juliano Dornelles e Kleber Mendonça Filho.
“Border”, de Ali Abbasi.
“Chuva É Cantoria na Aldeia dos Mortos”, de Renée Nader Messora e João Salaviza.
“Cine São Paulo”, de Ricardo Martensen e Felipe Tomazelli.
“Divino Amor”, de Gabriel Mascaro.
“Elegia de um Crime”, de Cristiano Burlan.
“Greta”, de Armando Praça.
“Guerra Fria”, de Pawel Pawlikowski.
“Inferninho”, de Pedro Diogenes e Guto Parente.
“Los Silencios”, de Beatriz Seigner.
“No Coração do Mundo”, de Gabriel Martins e Maurílio Martins.
“Rainha de Copas”, de May El-Toukhy.
“Torre das Donzelas”, de Susanna Lira.