Instagram/Natalie Portman

Natalie Portman forma time de futebol feminino para disputar campeonato dos EUA

A atriz Natalie Portman formou um time de futebol feminino em Los Angeles para disputar o campeonato nacional da categoria, nos EUA.

“Um grupo majoritariamente fundado por mulheres e liderado pela atriz e ativista Natalie Portman assegurou o direito exclusivo de levar uma equipe de futebol feminino profissional de Los Angeles para estrear no campeonato de 2022”, informou nesta terça (21/7) a NWSL, liga de futebol feminino dos EUA, em comunicado.

A equipe de Los Angeles, inicialmente chamada de Angel City, se tornará o 11º time da NWSL, e conta com apoio de outras estrelas para sua fundação, como as atrizes Uzo Aduba, America Ferrera, Jennifer Garner, ​Eva Longoria ​e Jessica Chastain​, além de atletas, como Mia Hamm, Abby Wambach e Serena Williams.

O time também receberá investimentos da financista Kara Nortman e da empresária do setor de videogames Julie Uhrman. Esta última será a presidência da nova equipe.

“Hoje damos um passo emocionante ao anunciar o primeiro time de futebol criado e comandado por mulheres”, disse Portman, vencedora do Oscar de Melhor Atriz por “Cisne Negro” em 2011.

“Os esportes são uma forma muito alegre de unir as pessoas, e isso tem o poder de fazer uma mudança tangível para as esportistas femininas em nossa comunidade, bem como na esfera profissional”, declarou, em comunicado.

“Esperamos ter um impacto substancial em nossa comunidade, nos comprometendo a ampliar o acesso aos esportes para as jovens de Los Angeles”, disse Portman, que durante sua carreira tem se envolvido em diversas causas sociais, incluindo o movimento Time’s Up, que luta contra o assédio e o abuso sexual na indústria do entretenimento.

A NWSL, que celebrou sua temporada inaugural em 2013, foi a primeira liga de esportes profissionais dos Estados Unidos a retomar as atividades em meio a pandemia do novo coronavírus. O primeiro jogo desde a interrupção causada pela pandemia foi realizado em 27 de junho, sem a presença de público.

Os Estados Unidos são a maior potência do futebol feminino mundial. A seleção do país é tetracampeã da Copa do Mundo feminina da FIFA e a atual campeã mundial da categoria.