Jon Hamm vai estrelar continuação da comédia clássica Assassinato por Encomenda



A Miramax vai produzir uma continuação/reimaginação da comédia “Assassinato por Encomenda”, sucesso de 1985 que introduziu o comediante Chevy Chase como o repórter Irwin M. Fletch. Chamado originalmente de “Fletch” nos EUA, o filme era baseado numa franquia literária de Gregory McDonald e chegou a ganhar sequência em 1989 – “Fletch Vive”.

O projeto do terceiro filme existe desde 1998, mas agora definiu seu protagonista. Jon Hamm, astro da série “Mad Men”, foi escalado como o novo Fletch.

O filme tem roteiro de Zev Borow (da série “Chuck”) e direção de Greg Mottola (“Superbad: É Hoje”). E o detalhe é que não se trata de um remake dos longas estrelados por Chase. A produção vai adaptar o segundo livro de McDonald, “Confess, Fletch”, lançado em 1976 e que ainda não foi levado às telas.

Trata-se, na verdade, da sequência oficial do primeiro livro, “Fletch” (1974), que virou o longa de 1985 – o segundo filme, “Fletch Vive”, ignorou os livros ao optar por um roteiro original de cinema.



Na trama, Flecth estará envolvido numa teia de assassinatos, com ele mesmo sendo um dos suspeitos. Ao mesmo tempo em que busca provar a sua inocência, o repórter ainda investiga o sumiço da coleção de arte de sua noiva – uma herança que ela herdou após o desaparecimento misterioso de seu pai.

“Confess, Fletch” também tem a distinção de apresentar outro personagem importante de Gregory McDonald, o inspetor Francis Xavier Flynn, um detetive policial brilhante, mas excêntrico, que vira o grande antagonista de Fletch – depois desta aparição, Flynn ganhou quatro livros só dele.

“A longevidade de Fletch – seja no papel ou na tela grande – diverte a todos e não poderíamos ficar mais empolgados para ver quais reviravoltas do século 21 estes artistas criaram para o personagem”, disse Bill Block, CEO da Miramax, em comunicado.

“Produzir este filme com Jon tem sido um sonho de longa data e com Zev [roteirista] e Greg [diretor] juntos para escrever e dirigir, eu realmente acredito que essa será uma nova e emocionante reimaginação moderna desse personagem amado”, disse a produtora Connie Tavel (criadora da série “A Juíza”), que também está participando do projeto.



blank

Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings