Divulgação/SBT

Danilo Gentili diz que Bolsonaro pediu censura e sua demissão no SBT

O comediante Danilo Gentili criou polêmica, ao afirmar na noite de quarta (8/7), em seu Instagram, que o presidente Jair Bolsonaro pediu sua demissão do SBT, além de ter solicitado censura ao programa “The Noite”, que ele apresenta desde 2013 na emissora.

A declaração foi uma resposta a uma internauta que questionou Gentilli por piada que ele fez nas redes sociais sobre Bolsonaro ter contraído covid-19.

“Olha, Danilo, parei de seguir você nesse momento! Você foi defendido pelo cara e agora desejou que esse mesmo cara morresse! Nem para nosso pior inimigo desejamos o mal. Lamentável! Viva bem! Vida longa!”, disse ela.

Danilo fez questão de responder: “Fui defendido por ele uma ova! Saiba você que tomei processo por defendê-lo e esse ‘fdp’ foi lá pedir minha cabeça e censura no meu emprego quando critiquei o Fundão Eleitoral (e seu filho usa rede de difamação contra mim)”, escreveu o apresentador do “The Noite”.

Gentili continuou: “Ele é um mentiroso. Mentiu muitas coisas e que defende a liberdade de expressão foi outra mentira. Esse psico não me engana mais. Eu sei bem o que vocês fazem: mandam o pessoal do grupo do whats ‘direita o caraio’ ou ‘bolsos chupadores’ virem aqui achando que eu vou pensar: ‘Poxa! O povo não gosta quando eu fico zoando essa merda, vou parar então'”, defendeu-se.

“Faz um favor? Volta lá no grupo do imbecil que você faz parte e avisa a todo mundo que quanto mais vocês virem aqui chorar mais eu vou zoar esse filho da p*** e toda a família de vagabundos dele. Falou, pelega”, finalizou.

Depois disso, o Instagram do comediante foi inundado por comentários negativos de centenas de pessoas.

Na noite de quinta (9/7), em sua live semanal, Bolsonaro abordou a polêmica. Ele negou que tenha procurado o SBT para pedir qualquer tipo de ação contra Gentili. “Não tenho nada contra ou a favor do senhor Danilo Gentili, mas ele me acusou de ter procurado o SBT para demiti-lo. Jamais procurei órgão de imprensa nenhum para demitir quem quer que seja”, disse o presidente.

Ele ainda rebateu alguns dos xingamentos — como “FDP” — que Gentili lhe fez. “Coitada da minha mãe. Está viva, com 93 anos de idade, e vê um negócio desse aqui”, ironizou.

Bolsonaro também lamentou que Gentili esteja tendo problemas com o SBT e o eleja como “um responsável pelo seu insucesso”.