Warner atrasa várias estreias e deixa Matrix 4 para 2022

A Warner Bros. anunciou várias mudanças em seu calendário, adiando todos os seus lançamentos previstos. É a segunda vez que isso acontece devido à pandemia do coronavírus. Como os cinemas permanecem fechados, o estúdio achou melhor rever as datas, a começar por “Tenet”.

Na mudança anterior, a Warner não tinha mexido na data do filme de Christopher Nolan, mas agora se tornou inevitável. Porém, não será um grande atraso. O estúdio resolveu esperar duas semanas a mais para exibi-lo, alterando sua data de 17 para 31 de julho nos EUA.

No lugar da data original do filme, a Warner vai exibir uma edição comemorativa dos dez anos de “A Origem”, do mesmo diretor, que também incluirá uma prévia de “Tenet”.

“Mulher-Maravilha 1984” teve um atraso maior, saindo de 14 de agosto para 2 de outubro – novamente, datas americanas.

“Godzilla vs. Kong” também não será mais lançado em 20 de novembro, ficando para 21 de maio de 2021. Esta data, por sinal, pertencia à “Matrix 4”, que foi atrasado em praticamente um ano, para abril de 2022.

O remake de “Convenção das Bruxas” ficou sem data, após sair de 9 de outubro. E o filme live-action de “Tom e Jerry” trocou 23 de dezembro por 5 de março de 2021.

Há ainda um filme de terror sem título previsto para 4 de julho de 2021. E outro filme sem título, reservado para outubro deste ano, evaporou do calendário.