Harvey Weinstein teria contraído covid-19 na prisão

O ex-produtor Harvey Weinstein, condenado a 23 de anos de prisão por estupro e assédio sexual, teria testado positivo para a covid-19.

Poucos dias depois de ser transferido para o Wende Correctional Facility de Rikers Island, em Nova York, ele está agora em isolamento médico, segundo uma fonte do site Deadline, descrita como autoridade policial.

Sob a política de que “não podem comentar o registro médico de um indivíduo”, os representantes do departamento responsável pelas prisões do estado de Nova York não responderam ao pedido de confirmação direta. “Nossa equipe … ainda não ouviu nada assim”, também disse o chefe de relações públicas de Weinstein, Juda Engelmayer, no domingo (22/3). “Não sei dizer o que não sei”, acrescentou.

Transferido para Wende em 18 de março, Weinstein, que recentemente completou 68 anos de idade, e outro prisioneiro da unidade de segurança máxima, com capacidade para 961 detentos, teriam sido postos em isolamento após testes positivos para o coronavírus.

A mudança para Wende, após Weinstein passar seus primeiros dias presos em Rikers Island, foi um pedido da defesa do ex-produtor, que alegou que a nova unidade carcerária tem mais condições para lidar com seus problemas de saúde.