Freud: Netflix lança série em que o pai da psicanálise caça serial killer

A Netflix lançou nesta segunda (23/3) a série “Freud”, produção austríaca de suspense que acompanha Sigmund Freud, o pai da psicanálise, caçando um serial killer.

Passada em Viena no fim do século 19, a trama encontra Freud ainda jovem, vivido por Robert Finster (de “Stefan Zweig: Adeus, Europa”), aprimorando suas técnicas inovadoras de investigação do subconsciente, quando cruza com um psicopata assassino.

A série foi criada pelo cineasta Marvin Kren e o roteirista Benjamin Hessler, que trabalharam juntos nos filmes de terror “Rammbock – Berlin Undead” (2010) e “Geleira Sangrenta” (2013).

A première aconteceu no Festival de Berlim, onde dividiu a crítica. Definitivamente, não é uma biografia do célebre psicanalista. Mas quem gostou de “O Corvo”, em que Edgar Allan Poe perseguia um psicopata, deve se divertir.

Veja abaixo o trailer da produção. A prévia tem legendas em inglês – porque a Netflix brasileira travou em “Para Todos os Garotos: P.S. Ainda Amo Você”. O que não impede a admiração pelo climão sinistro e a recriação de época, que também lembram “Penny Dreadful” e mais precisamente “Vienna Blood” (sobre um aluno de Freud que investiga os crimes de um serial killer).