Evangeline Lilly se desculpa por tratar quarentena de forma “desdenhosa e arrogante”

A atriz Evangeline Lilly resolveu se desculpar por seus comentários nas redes sociais, após irritar até colegas, por desdenhar da quarentena preventiva contra a pandemia de coronavírus.

Dizendo-se orgulhosa de furar as recomendações e continuar saindo em público com os filhos, por considerar a ordem de quarentena autoritária e prezar a liberdade acima de tudo, a intérprete da Vespa dos MCU (Universo Cinematográfico da Marvel) caiu em si e se desculpou por suas atitudes, assumindo que foi “arrogante”.

“Quero oferecer minhas sinceras desculpas pela insensibilidade que mostrei diante do sofrimento e medo muito reais que dominaram o mundo através da covid-19”, disse ela em uma nova publicação feita na tarde desta quinta (26/3). “Avós, pais, filhos, irmãs estão morrendo e meu silêncio subsequente enviou uma mensagem desdenhosa, arrogante e enigmática”.

No post que originou a polêmica, Lilly escreveu: “Acabei de deixar as crianças no acampamento. Elas lavaram suas mãos antes de ir. Elas estão brincando e sorrindo”, escreveu na ocasião. O que parecia apenas uma sugestão acabou sendo confirmado por ela nos comentários, quando um fã a questionou sobre a quarentena. “Não vale para essa família. Algumas pessoas valorizam suas vidas em detrimento à liberdade, algumas pessoas valorizam sua liberdade em detrimento à vida. Estamos todos fazendo as nossas escolhas”, disse.

Foi quando a atriz passou a ser criticada severamente pelo público na web. Sophie Turner (a Sansa de “Game of Thrones”) chegou a mandar a colega sifu pelos comentários. “Não sejam burros, p*rra, mesmo se você ‘valoriza mais sua liberdade que sua saúde’. F*da-se a sua liberdade, você pode infectar pessoas ao seu redor, pessoas vulneráveis. Então, fiquem em casa, pessoal. [Desobedecer a recomendação] não é legal, não é esperto, não é grandioso”, pronunciou-se Turner numa live em seu Instagram.

Em sua postagem de arrependimento, Lilly revelou que tem praticado o distanciamento social desde o dia 18 de março. “Apesar da minha intensa apreensão pelas repercussões socioeconômicas e políticas desse curso de ação, saibam que faço minha parte para achatar a curva, praticando o distanciamento social e ficando em casa com minha família”, completou.

Ver essa foto no Instagram

Hello everyone. I am writing you from my home where I have been social distancing since Mar 18th – when social distancing was instituted in the small community where I am currently living. At the time of my Mar 16th post, the directives from the authorities here were that we not congregate in groups of more than 250ppl and that we wash our hands regularly, which we were doing. Two days later, those directives changed and, despite my intense trepidation over the socioeconomic and political repercussions of this course of action, PLEASE KNOW I AM DOING MY PART TO FLATTEN THE CURVE, PRACTICING SOCIAL DISTANCING AND STAYING HOME WITH MY FAMILY. I want to offer my sincere and heartfelt apology for the insensitivity I showed in my previous post to the very real suffering and fear that has gripped the world through COVID19. Grandparents, parents, children, sisters and brothers are dying, the world is rallying to find a way to stop this very real threat, and my ensuing silence has sent a dismissive, arrogant and cryptic message. My direct and special apologies to those most affected by this pandemic. I never meant to hurt you. When I wrote that post 10 days ago, I thought I was infusing calm into the hysteria. I can see now that I was projecting my own fears into an already fearful and traumatic situation. I am grieved by the ongoing loss of life, and the impossible decisions medical workers around the world must make as they treat those affected. I am concerned for our communities – small businesses and families living paycheck-to-paycheck – and I am trying to follow responsible recommendations for how to help. Like many of you, I fear for the political aftermath of this pandemic, and I am praying for us all. At the same time, I am heartened by the beauty and humanity I see so many people demonstrating toward one another in this vulnerable time. When I was grappling with my own fears over social distancing, one kind, wise and gracious person said to me “do it out of love, not fear” and it helped me to realize my place in all of this. Sending love to all of you, even if you can’t return it right now. EL

Uma publicação compartilhada por Evangeline Lilly (@evangelinelillyofficial) em