Cinemas são fechados na Polônia, Líbano, Kuwait, Dinamarca, Noruega, Arábia Saudita e Grécia

Os cinemas da Polônia, Líbano, Kuwait, Dinamarca, Noruega, Arábia Saudita e Grécia fecharão por pelo menos duas semanas em resposta à pandemia de coronavírus.

As medidas seguem as ordens das autoridades locais e marcam a mais recente onda de países que optaram por fechar seus cinemas para conter o contágio, uma tendência inaugurada por China, Itália, Irã e República Tcheca.

Outros países optaram por fechamentos limitados. Na Coreia do Sul, Japão, Índia e Hong Kong, boa parte do circuito está fechado, mas ainda há regiões com programação normal. Na Ucrânia e na Hungria, apenas as salas das capitais Kiev e Budapeste foram fechadas. Na Romênia e na Irlanda, a venda de ingressos foi limitada a 100 espectadores por sessão.

A Noruega também planejava adotar a restrição de ingressos por sessão, mas, ao considerar que a progressão da pandemia está se ampliando diariamente, acabou optando por uma decisão mais radical.

Segundo o site Deadline, os próximos países a anunciar fechamentos dos cinemas deverão ser Suécia, Finlândia e Bélgica.

Os principais mercados cinematográficos que ainda funcionam (quase) normalmente são Estados Unidos, Reino Unido, França, Alemanha, Espanha, México, Austrália e Brasil.