Pinóquio animado de Guillermo Del Toro define dubladores

A Netflix confirmou o elenco de dubladores da versão animada de “Pinóquio”, que tem produção, roteiro e direção de Guillermo Del Toro (“A Forma da Água”).

O longa animado terá as vozes de Ewan McGregor (“Doutor Sono”), Tilda Swinton (“Doutor Estranho”), Christoph Waltz (“007 Contra Spectre”), Ron Perlman (o “Hellboy” original) e David Bradley (de “Game of Thrones” e “The Strain”) em sua versão original em inglês. Por enquanto, Bradley é o único que tem seu papel conhecido. O intérprete do vilão Walder Frey em “Game of Thrones” será Gepeto, o marceneiro que cria o menino-boneco.

Ambientada na Itália dos anos 1930, a trama vai contar uma versão altamente estilizada da fábula de Carlo Collodi (1826–1890).

O projeto está sendo desenvolvido há cerca de uma década – as primeiras imagens dos bonecos dos personagens foram divulgadas em 2011 – , porque é uma produção altamente artesanal.

Para fazer o filme, Del Toro se juntou com Mark Gustafson, animador de “O Fantástico Sr. Raposo” (2009), com quem divide a direção, com Patrick McHale, que criou a minissérie animada “Over the Garden Wall” e escreveu episódios de “Adventure Time”, com quem divide o roteiro, e para o design da produção ainda se inspirou na arte de Gris Grimly, ilustrador de livros infantis, que concebeu o visual de um “Pinóquio” gótico em 2002.

A produção, por sua vez, conta com parcerias com a Jim Henson Company (“O Cristal Encantado: A Era da Resistência”) e a ShadowMachine (“BoJack Horseman”).

Com estreia prevista para 2021, a animação enfrentará concorrência de duas versões live-action de “Pinóquio”: uma italiana, dirigida por Matteo Garrone, que terá première no domingo (23/2), durante o Festival de Berlim, e outra da Disney, com direção de Robert Zemeckis (“De Volta Para o Futuro”), atualmente em pré-produção e ainda sem lançamento marcado.