O Homem Invisível é a principal estreia da semana nos cinemas

As estreias mais amplas da semana são dois filmes de terror. Enquanto “A Hora da sua Morte” faz parte da atual leva de títulos realmente horrorosos do gênero, “O Homem Invisível” se destaca com aclamação da crítica internacional.

Primeiro terror bem-avaliado de 2020, “O Homem Invisível” atingiu 91% de aprovação no site Rotten Tomatoes e também estreia neste fim de semana nos EUA, impulsionado por uma recepção entusiasmada da imprensa, que não economiza elogios à interpretação da atriz Elisabeth Moss (de “The Handmaid’s Tale”).

No roteiro “hitchcockiano” do diretor Leigh Whannell (que criou as franquias “Jogos Mortais” e “Supernatural”), o monstro clássico imaginado pelo escritor H.G. Wells no fim do século 19 – e transformado num filme icônico de 1933 pela própria Universal – vira numa metáfora de relacionamento tóxico, em que um macho controlador se torna invisível para aterrorizar a ex-mulher, que todos consideram louca por denunciar a verdade. Além de tenso, tem conteúdo.

O circuito limitado, por sua vez, assume aparência de programação de festival, trazendo filmes de dois cineastas vencedores de Cannes.

“Você Não Estava Lá” é o novo drama do britânico Ken Loach, vencedor da Palma de Ouro por “Eu, Daniel Blake” (2016). Dando continuidade às suas obras de denúncia social, o diretor foca a uberização da economia, ilustrada pelas consequências do trabalho informal na vida de uma família.

Já “Uma Vida Oculta” é a cinebiografia de um fazendeiro austríaco que se recusou a aderir à ideologia nazista e lutar na 2ª Guerra Mundial. A direção é de Terrence Malick, que conquistou a Palma de Ouro por “A Árvore da Vida” (2011).

O resto da programação tem mais boas opções: “Meu Nome É Sara”, outro drama sobre a opressão nazista, traz a perspectiva de uma adolescente judia que se passa por católica para escapar do Holocausto; “Martin Eden”, adaptação da obra de Jack London, rendeu a Copa Volpi (de Melhor Ator) a Luca Marinelli no Festival de Veneza passado; e “Tarde para Morrer Jovem” premiou a chilena Dominga Sotomayor Castillo com o troféu de Melhor Direção no Festival de Locarno. Completa a lista o brasileiro “Jovens Polacas”.

Confira abaixo mais detalhes, com todos os títulos, sinopses e trailers das estreias da semana.

O Homem Invisível | EUA | Terror

Presa em um relacionamento violento e controlador com um rico e brilhante cientista, Cecilia Kass foge com a ajuda de sua irmã, de sua amiga de infância e de sua filha adolescente. Quando seu ex abusivo comete suicídio e deixa para ela uma parte de sua vasta fortuna, Cecilia suspeita que a morte dele seja uma farsa. À medida que uma série de coincidências sinistras passam a acontecer, sua sanidade começa a se desfazer enquanto ela tenta provar que está sendo caçada por alguém que ninguém pode ver.

A Hora da sua Morte | EUA | Terror

Quando uma enfermeira faz o download de um aplicativo que afirma prever o momento em que uma pessoa morre, ela descobre que só tem três dias de vida. Com o relógio correndo e uma figura assombrando-a, ela deve encontrar uma maneira de salvar sua vida antes que o tempo acabe.

Você Não Estava Lá | Reino Unido | Drama

Na esperança de que o trabalho independente possa resolver seus problemas financeiros, um motorista de entregas do Reino Unido e sua esposa, lutando para criar uma família, acabam presos no círculo vicioso dessa forma moderna de exploração do trabalho.

Uma Vida Oculta | EUA, Alemanha | Drama

Franz Jägerstätter (August Diehl) é um fazendeiro austríaco que, ao seu recusar a lutar junto ao exército alemão durante a 2ª Guerra Mundial, é condenado à pena de morte por traição à pátria.

Meu Nome é Sara | EUA | Drama

Sara é uma judia polonesa de 13 anos que é acolhida e encontra trabalho ao mentir que é católica para um fazendeiro e sua esposa, durante a 2ª Guerra Mundial. Mas logo descobre que sua mentira pode ter consequências graves para seus empregadores.

Martin Eden | Itália | Drama

Adaptação do romance homônimo de Jack London. Martin Eden é um jovem marinheiro de baixa renda que se apaixona por Elena, uma menina burguesa, e decide perseguir seu sonho de virar escritor. Quando ele começa a conviver com a sociedade aristocrática, se sente deslocado de tudo que faz parte de sua essência. Então se envolve em círculos socialistas, colocando-se em conflito com Elena e seu mundo burguês.

Tarde para Morrer Jovem | Chile, Brasil | Drama

Com a volta da democracia ao Chile nos anos 1990, um grupo de famílias que vive em uma comunidade isolada aos pés dos Andes busca construir um novo mundo distante dos excessos urbanos, enquanto acompanha o amadurecimento das crianças e adolescentes num novo momento do país.

Jovens Polacas | Brasil | Drama

Baseado no livro homônimo de Esther Largman. A história de mulheres judias iludidas pela possibilidade de uma nova vida e traficadas do leste europeu para a prostituição no Rio de Janeiro no início do século 20. Ao ser entrevistada pelo jornalista Ricardo, Mira busca em sua memória detalhes de sua vida e rotina com sua mãe e faz as pazes com seu passado sombrio.