Ben Affleck diz ter largado Batman para não beber até morrer

O jornal The New York Times publicou uma longa entrevista com Ben Affleck nesta terça (18/2), em que o ator fala de seu vício em álcool, seu divórcio da atriz Jennifer Garner e até o motivo de não seguir como Batman nas adaptações dos quadrinhos da DC Comis.

O ator chegou a ser confirmado como roteirista, diretor e protagonista do próximo filme solo do herói, e diz ter finalizado o roteiro que tinha planejado, mas foi aconselhado a não prosseguir.

“Mostrei a alguém o roteiro de ‘The Batman'”, contou Affleck. “Ele disse: ‘Eu acho que o roteiro é bom. Eu também acho que você vai beber até morrer se passar mais uma vez pelo que acabou de passar'”.

Affleck foi escalado em agosto de 2013 para viver o herói em “Batman Vs Superman: A Origem da Justiça” (2016). Ele ainda interpretou Batman em “Esquadrão Suicida” (2016) e “Liga da Justiça” (2017), antes de ser substituído por Robert Pattinson, que estreia no papel no próximo filme do personagem, com lançamento previsto para julho de 2021.

Os próximos filmes de Affleck, por sua vez, são o thriller político “A Última Coisa que Ele Queria” (2020), que chega na Netflix na sexta (21/2), e o drama esportivo “The Way Back”, no qual ele interpreta um treinador de basquete do ensino médio em luta contra o alcoolismo. A estreia está marcada para 5 de março no Brasil.