Mulher-Maravilha: Patty Jenkins revela planos de filme centrado nas guerreiras amazonas

A cineasta Patty Jenkins revelou já ter ideias para um terceiro filme da heroína, mas disse que espera um hiato entre o segundo e o terceiro longa, que pode ser ocupado por um derivado. Em entrevista coletiva com a imprensa brasileira para divulgar “Mulher-Maravilha 1984”, a cineasta revelou pela primeira vez os planos da Warner para desenvolver um filme centrado nas amazonas da Ilha de de Themyscira.

Sem revelar muitos detalhes, a cineasta disse apenas que não deve dirigir o projeto e que Gal Gadot não será a protagonista, já que a ideia é contar a história das outras guerreiras.

As amazonas foram mostradas no primeiro filme de “Mulher-Maravilha” como mulheres que se preparam para os combates desde cedo, de acordo com suas habilidades. Além das personagens apresentadas no cinema, como a General Antíope, interpretada por Robin Wright, e a Rainha Hipólita, vivida por Connie Nielsen, há várias amazonas famosas nos quadrinhos, como Donna Troy, recentemente vista na série dos “Titãs” – e que também é conhecida como Moça-Maravilha e Troia.

Sobre o próximo filme de “Mulher-Maravilha”, Jenkins afirmou: “Nós já sabemos toda a história dele. É apenas uma questão de não mudar de ideia e de quando faremos”.

Ela explicou que não espera filmar o terceiro longa logo após o lançamento de “Mulher-Maravilha 1984”, que acontece em junho de 2020. “Foi ótimo fazer estes dois filmes seguidos, mas acho que é importante ter um descanso entre eles. Eu gosto de fazer outras coisas no intervalo, e Gal [Gadot] tem outras coisas a fazer”.

A diretora não deu uma estimativa para o começo da produção, dizendo apenas: “Nós temos que ver se vamos querer fazer o filme que queremos fazer quando a hora chegar”.