007: Sem Tempo para Morrer será o filme mais caro de James Bond



“007: Sem Tempo Para Morrer” será o filme mais caro de toda a franquia do agente secreto James Bond. Segundo apurou a revista The Hollywood Reporter, foram investidos US$ 250 milhões em sua produção.

O valor é muito próximo do custo do filme anterior, “007: Contra Spectre”, até então recordista da franquia com um orçamento estimado em US$ 245 milhões.

Um dos fatores que encareceu a produção foi o salário de Daniel Craig. Foi preciso um bom aumento para convencê-lo a retornar para o papel, após dizer que não voltaria a viver James Bond ao fim de “Spectre” – ““Prefiro cortar os pulsos do que fazer outro James Bond”, ele disse em 2015.

A opção do diretor Cary Joji Fukunaga (“Beasts of No Nation”) para realizar as cenas de ação de forma realista, sem apelar tanto para efeitos visuais na pós-produção, também é citada como determinante para encarecer o valor total.

Mas também não se pode esquecer que “Sem Tempo Para Morrer” sofreu um contratempo no início da produção: uma lesão no tornozelo de Daniel Craig, que atrasou todo o cronograma, fazendo com que as filmagens se estendessem por mais tempo que o planejado.

O filme vai marcar a despedida do ator do papel do icônico espião com licença para matar, após estrelar quatro produções da franquia – “007: Cassino Royale” (2006), “007: Quantum of Solace” (2008), “007: Operação Skyfall” (2012) e “007 Contra Spectre” (2015).



O elenco também terá os retornos de Ralph Fiennes, Ben Whishaw e Naomie Harris, que vivem M, Q e Eve Moneypenny desde “007: Operação Skyfall” (2012).

Eles terão a companhia de outros atores recorrentes.

Jeffrey Wright reprisará o papel do agente da CIA Felix Leiter, visto em “007: Cassino Royale” (2006) e “007: Quantum of Solace” (2008). Rory Kinnear retomará o agente Bill Tanner, presente desde “007: Quantum of Solace”. E, para completar, Léa Seydoux e Christoph Waltz retomarão os papéis de Madeleine Swann e Blofeld, introduzidos em “007 Contra Spectre” (2015).

Além destes, as principais novidades serão as presenças de Rami Malek (vencedor do Oscar por “Bohemian Rhapsody”) como um novo vilão, Ana de Armas (“Blade Runner 2049”) como bond girl e Lashana Lynch (“Capitã Marvel”) interpretando uma nova 007.

A estreia está prevista para 9 de abril no Brasil, um dia depois do lançamento nos Estados Unidos.



Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.



Back to site top
Change privacy settings