Jason Momoa vira porta-voz de países insulares em protesto contra crise ambiental na ONU


Jason Momoa está encarnando o papel de Aquaman também como ativista das causas ambientais. Em vídeo postado em suas redes sociais, o ator levou a seus fãs o discurso que fez na semana passada nas Nações Unidas para chamar atenção para o aquecimento global e a poluição dos oceanos.

Momoa, que nasceu numa ilha, o Havaí, participou na sexta-feira (27/9) de uma reunião da ONU com representes de países insulares, que correm o risco de desaparecer com o aquecimento global. “Eu tenho visto como um lugar pode passar despercebido aos outros”, afirmou, lembrando que “os países insulares e todas as comunidades costeiras são a linha de frente desta crise ambiental”.

“A maior ameaça aos pequenos países insulares é o fato de que ilhas inteiras estão afundando no mar devido ao enorme volume de emissões geradas por países de primeiro mundo”, declarou. “Países insulares são os que menos contribuem para esse desastre, mas vão sofrer o peso das consequências”, continuou.

Emocionado em frente a integrantes da ONU, Momoa condenou o descaso do mundo com as ilhas que estão sumindo e com a poluição dos oceanos.

“Os oceanos estão em estado de emergência. O ecossistema marinho inteiro está desaparecendo com o aquecimento dos oceanos. E como o lixo do mundo acaba em nossas águas, nós encaramos uma devastadora crise de poluição de plástico. Nós somos uma doença que infecta nosso planeta. Da atmosfera até a zona abissal, nós estamos poluídos”, protestou.

O ator ainda criticou a visão daqueles que tentam negar a existência dos problemas climáticos. “Sofremos de uma amnésia coletiva sobre uma verdade que já foi compreendida, a verdade de que causar danos irreversíveis a Terra é fazer o mesmo com nós mesmos. Como uma espécie humana, nós precisamos da Terra para sobreviver. Mas não cometam o erro de achar que a Terra não precisa de nós”, disse.

Jason Momoa pede a união de todos os países para conter a crise climática e deixou um recado: “Precisamos corrigir os erros que fizemos contra nossos filhos e netos porque estamos dando a eles um mundo que sofre por causa de nossa mordomia irresponsável”.



Recentemente, o intérprete de Aquaman também protestou contra a construção de um telescópio na montanha de Mauna Kea, no Havaí, considerada sagrada por moradores locais. Além de Momoa, a construção foi alvo de protestos por Dwayne “The Rock” Johnson e Bruno Mars.



Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.



Back to site top
Change privacy settings