Curta de Walter Salles sobre tragédia de Mariana será exibido na TV no aniversário do desastre ambiental

O Canal Brasil vai marcar o aniversário de quatro anos da tragédia do rompimento da barragem em Mariana, Minhas Gerais, com a exibição do curta metragem “Quando a Terra Treme”, de Walter Salles (“Central do Brasil”), que traz uma visão ficcional sobre o desastre.

O exibição está marcada para o dia 5 de novembro, às 21h50, exatamente quatro anos depois da catástrofe. Com o rompimento da barragem da Samarco, um rio de lama espalhou-se por mais de 600 km, deixando centenas de desabrigados, 19 mortos e uma pessoa desaparecida.

Produzido pela VideoFilmes e rodado no local do desastre, em 2017, “Quando a Terra Treme” foi originalmente concebido para a antologia “Where Has Time Gone?”, um filme coletivo produzido pelo cineasta chinês Jia Zhangke (“Amor Até as Cinzas”) e exibido na Mostra São Paulo em 2017.

O longa completo ainda contava com segmentos produzidos na Rússia, Índia, África do Sul e China. “Quando Jia Zhangke me convidou para realizar um curta que fosse um retrato do nosso tempo, no Brasil, pensei imediatamente no rompimento da barragem de Mariana”, disse Salles.

“Não era somente o maior crime ambiental da história do pais, mas também um retrato da gritante impunidade brasileira. Vidas foram ceifadas, vilarejos destruídos, e milhares de pessoas perdiam ali a relação de pertencimento com o local onde moravam”, continuou.

“Quanto a Terra Treme” tem roteiro de Gabriela Amaral Almeida (“O Animal Cordial”) e traz Maeve Jinkings (“Aquarius”) no papel principal.