Peacock: Nova plataforma de streaming da NBC e Universal Pictures revela nome e séries exclusivas

A Comcast revelou nesta terça (17/9) maiores detalhes sobre sua plataforma de streaming, que será centrada em conteúdo da produtora NBCUniversal e oferecerá mais de 15 mil horas de programação.

O serviço se chamará Peacock (“pavão”, em inglês), uma referência ao animal-símbolo da emissora norte-americana NBC, e vai incluir filmes da Universal, Illumination e DreamWoks Animation e programas dos canais NBC, USA, SyFy, Bravo, Telemundo, além de agregar futuramente a produção do canal pago inglês Sky, que se encontra em processo de incorporação pela Comcast. Entre as séries, isso inclui sucessos como “Parks and Recreation”, “The Office”, “Brooklyn Nine Nine”, “The Good Place”, “Mr. Robot”, “The Sinner”, “The Magicians”, “Psych”, “Law & Order”, “Will & Grace”, “Heroes”, “30 Rock”, “Friday Night Lights”, “House”, “Grimm”, “Battlestar Galactica”, “Twin Peaks”, “Saturday Night Live” e centenas de outras.

A estreia está agendada para abril de 2020 nos EUA e não ainda não há previsão para expansão internacional.

Os planos anunciados pela diretora da plataforma Bonnie Hammer buscarão valorizar não apenas o catálogo da NBCUniversal, mas também as marcas e os produtores de conteúdo sob contrato com o estúdio. Com isso em vista, foram anunciadas as primeiras produções originais encomendadas para o lançamento da plataforma.

Num caso de sinergia incentivada, o produtor-roteirista Sam Esmail (criador de “Mr. Robot”, série mais premiada do USA) está desenvolvendo um novo remake/reboot de “Battlestar Galactica” (a série mais premiada do SyFy). O projeto será inspirado pela versão do Syfy, exibida entre 2004 e 2009, e não na “Battlestar Galactica” original, de 1978.

A trama acompanha a jornada dos últimos remanescentes da humanidade, após um ataque catastrófico de Cylons (robôs no primeiro remake, alienígenas no original) destruir todas as 12 colônias do sistema solar. Galactica é a última nave de combate remanescente, comandando uma pequena frota de naves espaciais que carrega os sobreviventes em busca de um novo planeta habitável, de preferência a lendária 13º colônia humana, há muito considerada perdida, conhecida pelo nome de Terra.

Outros dois resgates de franquias também foram anunciados. Serão novas versões das séries clássicas “Galera do Barulho” (Saved by the Bell) e “Punky: A Levada da Breca” (Punky Brewster), sitcoms voltadas ao público infantil. No caso de “Punky”, a produção não será um remake, mas uma continuação, que mostrará Punky adulta, vivida pela mesma intérprete dos anos 1980, Soleil Moon Frye.

Estes dois projetos já estavam em desenvolvimento e foram incorporados ao serviço. E não foram os únicos. Também ganharam casa nova o segundo telefilme derivado da série “Psych”, a minissérie baseada no clássico sci-fi “Admirável Mundo Novo” (Brave New World), que já tinha inclusive começado a ser gravada para o canal pago USA, e “Dr. Death”, cujo elenco foi definido com Alec Baldwin, Jamie Dornan e Christian Slater.

Entre as novidades trazidas à tona apenas nesta terça, as que mais chamaram a atenção foram as comédias “Rutherford Falls”, co-criada por Mike Schur (“The Good Place”) e o ator Ed Helms (“Se Beber Não Case”), que será estrelada por Helms, e “Straight Talk”, de Rashida Jones e estrelada por Jada Pinkett Smith.

Além de séries de ficção, o serviço também oferecerá um programa documental focando o clássico humorístico “Saturday Night Live”, um talk show original com Jimmy Fallon, um programa apresentado por Amber Ruffin, com produção de Seth Meyers, e um spin-off do reality show “The Real Housewives”, do canal Bravo.

Os novos títulos se juntam a “A.P. Bio”, que vai lançar sua 3ª temporada exclusivamente na Peacock, e “Angelyne”, novo drama desenvolvido por Sam Esmail, que terá Emmy Rossum (“Shameless”) como protagonista. Ambas já tinham sido anteriormente anunciadas.

A plataforma também contará com notícias (da NBC News) e conteúdo esportivo (a NBC tem os direitos de transmissão das Olimpíadas de 2020) que serão revelados nas próximas semanas, junto com outros detalhes relevantes, como preço das assinaturas e a data formal de lançamento.

Veja abaixo o vídeo com o logotipo oficial da plataforma.