Animação Abominável estreia em 1º lugar na América do Norte

Única estreia ampla da semana, a animação “Abominável” liderou as bilheterias em seu lançamento na América do Norte, arrecadando US$ 20,8 milhões.

Não é uma fortuna em termos de blockbuster hollywoodiano, especialmente para um filme exibido em mais de 4,2 mil telas, mas registrou alguns feitos.

A nova produção da DreamWorks Animation, sobre a inesperada amizade entre uma adolescente e um yeti com poderes mágicos, tornou-se a maior bilheteria de uma animação original deste ano. E ainda se juntou a dois outros lançamentos distribuídos pela Universal, o terror “Nós” e a comédia “Bons Meninos”, na restrita lista de produções originais (isto é, que não são adaptações ou continuações) que conseguiram estrear em 1ª lugar nos Estados Unidos e Canadá em 2019.

Com este resultado, o filme derivado da série “Downton Abbey” caiu para a vice-liderança, após abrir no topo na semana passada.

A produção britânica de época da BBC fez mais US$ 14,5 milhões entre sexta e domingo (29/9) e continua com um desempenho acima do esperado. Em dez dias, superou os US$ 100 milhões de arrecadação mundial,

A grande surpresa, porém, foi o ressurgimento de “As Golpistas” no Top 3. O longa em que Jennifer Lopez lidera uma gangue de strippers, subiu duas posições, saindo do 5º lugar no ranking passado para o 3º neste fim de semana. Neste retorno, deixou para trás “It: Capítulo Dois” e “Ad Astra”.

O ranking semanal ainda registrou um lançamento limitado no Top 10. Distribuído em apenas 467 salas, “Judy”, cinebiografia da atriz Judy Garland estrelada por Renée Zellwegger, abriu em 7º lugar, com rendimento de US$ 3 milhões. O interesse do público fez da sua estreia a que mais encheu cinemas no período, mantendo a maior média de faturamento por tela.

Para comparar, cada sessão de “Judy” rendeu US$ 6,7 mil, enquanto as salas de “Abominável” faturaram US$ 4,2 mil.

“Judy” também teve a melhor avaliação crítica, com 84% de aprovação no Rotten Tomatoes, à frente dos 80% de “Abominável”.

Ainda inédito no Brasil, o filme que deve render indicação ao Oscar para Renée Zellwegger nem sequer tem previsão de lançamento nacional.

Confira abaixo os rendimentos dos 10 filmes mais vistos no fim de semana nos Estados Unidos e no Canadá, e clique em seus títulos para ler mais sobre cada produção.

BILHETERIAS: TOP 10 América do Norte

1. Abominável
Fim de semana: US$ 20,8M
Total EUA e Canadá: US$ 20,8M
Total Mundo: US$ 31M

2. Downton Abbey
Fim de semana: US$ 14,5M
Total EUA e Canadá: US$ 58,5M
Total Mundo: US$ 107,1M

3. As Golpistas
Fim de semana: US$ 11,4M
Total EUA e Canadá: US$ 80,6M
Total Mundo: US$ 95,4M

4. It: Capítulo Dois
Fim de semana: US$ 17,2M
Total EUA e Canadá: US$ 193,9M
Total Mundo: US$ 417,4M

5. Ad Astra
Fim de semana: US$ 10,1M
Total EUA e Canadá: US$ 35,5M
Total Mundo: US$ 89M

 

6. Rambo: Até o Fim
Fim de semana: US$ 8,5M
Total EUA e Canadá: US$ US$ 33,1M
Total Mundo: US$ 46,7M

7. Judy
Fim de semana: US$ 3M
Total EUA e Canadá: US$ 3M
Total Mundo: US$ 3M

8. Bons Meninos
Fim de semana: US$ 2M
Total EUA e Canadá: US$ 80,3M
Total Mundo: US$ 104M

9. O Rei Leão
Fim de semana: US$ 1,6M
Total EUA e Canadá: US$ 540M
Total Mundo: US$ 1,6B

10. Invasão ao Serviço Secreto
Fim de semana: US$ 1,5M
Total EUA e Canadá: US$ 67,1M
Total Mundo: US$ US$ 123,9M