Stephen King vai escrever novo final para a minissérie baseada em The Stand – A Dança da Morte

O clássico de terror pós-apocalíptico de Stephen King, “The Stand – A Dança da Morte”, vai ganhar uma novo final na adaptação atualmente desenvolvida para a plataforma CBS All Access.

O próprio King vai assinar esse novo desfecho.

A plataforma anunciou que o autor vai escrever o último capítulo da minissérie, que terá ao todo nove episódios. A ideia é abordar algumas das questões que o livro deixou sem resposta.

“Para os fãs do livro que se perguntaram o que aconteceu com os sobreviventes, este episódio irá conter uma história que nos leva além do livro para responder a essas perguntas”, disse a VP da CBS All Access, Julie McNamara.

Assim, o episódio servirá como epílogo, apresentando uma história totalmente inédita, que a primeira adaptação da obra, uma minissérie exibida em 1994, não teve acesso.

A ideia reflete entrevistas em que King dizia não ter ficado muito feliz com o final original. A partir disso, o cineasta Josh Boone (“A Culpa É das Estrelas”), responsável pela adaptação, convenceu o escritor a criar uma nova conclusão.

Publicado em 1978, o romance de 1,1 mil páginas é um dos poucos clássicos de King que nunca ganhou versão de cinema – apesar de transformado em minissérie com um elenco grandioso (Gary Sinise, Molly Ringwald e Rob Lowe) e muito sucesso em 1994.

A trama acompanha o extermínio da humanidade por uma praga de laboratório e a luta pela sobrevivência dos poucos que escapam do apocalipse, apenas para descobrir que o Anticristo se prepara para eliminar o que resta da civilização.

Josh Boone estava desenvolvendo o projeto para o cinema, mas após anos de negociações e dificuldades de condensar a história, de fôlego épico, optou por uma versão em capítulos. O próprio diretor assina os roteiros em parceria com Ben Cavell (roteirista das séries “Justified” e “Homeland”).

O elenco é encabeçado por James Marsden (“X-Men”, “Westworld”), Amber Heard (“Aquaman”), Whoopi Goldberg (“Instinct”), Greg Kinnear (“House of Cards”), Odessa Young (“Assassination Nation”), o roqueiro Marilyn Manson (“Salem”) e o brasileiro Henry Zaga (“13 Reasons Why”).

A estreia vai acontecer ao longo de 2020 na plataforma americana de streaming CBS All Access.