Netflix inclui Neymar no elenco de La Casa de Papel

O jogador Neymar Jr., que não atua numa partida de futebol desde maio e não usa as redes sociais para promover qualquer coisa que não seja a si mesmo, seus parças, sua família e seus contratos comerciais, foi ao Instagram divulgar sua entrada na Netflix. Ele gravou pequenas participações na série “La Casa de Papel”, que foram incluídas num relançamento da produção em streaming nesta terça (27/8).

No post do Instagram, ele demonstrou orgulho pelo trabalho. “Eu pude realizar meu sonho e fazer parte da minha série favorita. E agora eu posso compartilhar o João com todos vocês! Gracias”, escreveu, ao lado de um vídeo em que se mostra mascarado. Veja abaixo.

Gravadas no primeiro semestre do ano na Espanha, as cenas foram adicionadas aos episódios de número 6 e 8 da Parte 3 da produção. Em ambas as cenas, Neymar contracena com Berlim (Pedro Alonso) e o Professor (Álvaro Morte). O encontro do trio serve para entregar uma revelação bombástica.

O convite para participação do atleta do Paris Saint-Germain partiu dos próprios criadores da série, que sabiam que ele era fã.

Essa não é a primeira performance do jogador como “ator” numa produção internacional. Em 2017, ele chegou a participar de “xXx Reativado”, de Vin Diesel. Na ocasião, Neymar apareceu como ele mesmo. Dessa vez, porém, é diferente. Em “La Casa de Papel”, o jogador interpreta João, um monge brasileiro.

Mas o que é motivo de orgulho para Neymar quase virou vergonha para a Netflix, porque na véspera da data prevista para o lançamento da série, Neymar foi acusado de estupro pela modelo Najila Trindade.

Na ocasião, o serviço de streaming resolveu retirar as cenas do jogador da trama. Mas, após o arquivamento do caso por falta de provas, a empresa, o atleta e os criadores da série decidiram finalmente levar ao público o que estava pronto há meses.

Vale lembrar que a divulgação da Parte 3 incluía uma peça de marketing ligada a futebol, num teaser da participação do jogador. Na imagem, o Professor aparecia ao lado de seus discípulos no meio de um estádio de futebol. “Com um time desses, eu jogava qualquer jogo”, dizia o texto, publicado na conta da Netflix no Instagram.

Neymar também chegou a postar uma foto ao lado de astros da série, Jaime Lorente e Maria Pedraza.

Os capítulos disponibilizados originalmente em 19 de julho foram substituídos no catálogo serviço de streaming pelas novas versões com Neymar.

A Parte 3 da série bateu recordes de audiência em vários países, como Espanha, França, Itália, Argentina, Chile e Brasil, segundo informações da própria plataforma. Nestes mercados, tornou-se a produção original da Netflix mais assistida em todos os tempos, superando inclusive séries faladas em inglês.

A Netflix já confirmou a produção da Parte 4, que ainda não tem previsão de estreia.

Já Neymar segue passando recibo de alienado, ao contrário do capitão da Seleção Brasileira, Daniel Alves, o francês Kylian Mbappé, seu colega de PSG e Melhor Jogador da última Copa do Mundo, o português Cristiano Ronaldo, Melhor Jogador do Mundo, e até sua ex-namorada Bruna Marquezine, cujas mensagens mais recentes do Instagram são manifestações sobre o incêndio da floresta amazônica.