Fã de Grey’s Anatomy se veste de médico e dá alta para pacientes em hospital de São Paulo

Um homem de jaleco branco e estetoscópio pendurado no pescoço foi detido na madrugada desta sexta-feira (30/8) na Santa Casa de Misericórdia, no centro de São Paulo. De acordo com testemunhas, o falso médico circulava pelo pronto-socorro Central fingindo-se de médico.

Segundo o boletim de ocorrência registrado no 2º DP, no Bom Retiro (região central), o homem se apresentava às pessoas como um especialista bucomaxilofacial — especialidade da odontologia que cuida de doenças da cavidade oral como traumatismos e deformidades faciais.

Uma testemunha afirma que o falso médico fora visto em outros dias pelos corredores do hospital e abordava as pessoas à procura de “seus pacientes”. “Ele chegou a atender e deu alta para dois pacientes”, disse. Não se sabe ainda quantas pessoas foram atendidas.

Segundo o boletim de ocorrência, o suspeito foi à Santa Casa de jaleco e estetoscópio porque “admira a profissão de médico e sempre quis ser médico”. O falso médico disse ainda que “somente queria andar com o jaleco e o estetoscópio como vê na série de televisão ‘Grey’s Anatomy'”.

Ele disse que ficou internado no mesmo hospital em decorrência de uma cefaleia refratária e faz uso de Ritalina, um estimulante do sistema nervoso central indicado para tratamentos de transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), transtorno hipercinético e narcolepsia.

De acordo com policiais do 2º DP, o caso foi encaminhado para o 77º DP, em Santa Cecília. O suspeito foi autuado em flagrante e enviado para a custódia.

Procurada, a Santa Casa de São Paulo não se pronunciou.

Curiosamente, não é a primeira vez que um fã de “Grey’s Anatomy” tenta se passar por médico no Brasil. Em 2017, Josias de Farias Júnior, que tinha 19 anos, foi preso em flagrante por tentativa de furto no Hospital Unimed Litoral, em Santa Catarina. De acordo com a PM, ele usava credenciais roubadas de um médico, como jaleco, estetoscópio e carimbos, e tentava obter um novo crachá para ter acesso à instituição. Em suas redes sociais, ele publicou fotos e vídeos como médico, dizendo-se “formado em medicina em 12 temporadas de ‘Grey’s Anatomy’”.

Poucos dias após receber liberdade provisória, ele foi encontrado morto em sua casa, em Balneário Camboriú, litoral norte de Santa Catarina. Perto da cama em que ele estava deitado, foram encontrados medicamentos de tarja preta.