Capitã Marvel atinge US$ 500 milhões de bilheteria mundial em seis dias


“Capitã Marvel” ultrapassou a marca dos US$ 500 milhões nas bilheterias mundiais com apenas seis dias em cartaz – e ainda menos nos Estados Unidos e na China, os maiores mercados de cinema, onde está sendo exibido há cinco dias.

A rapidez com que a quantia foi superada sugere que o filme atingirá rapidamente a cobiçada meta de todo blockbuster: entrar no clube dos bilionários, com faturamento acima de US$ 1 bilhão.

Apesar de muito bem-sucedidos, nem todos os lançamentos da Marvel conseguem essa façanha. Apenas seis se tornaram bilionários: os três filmes dos “Vingadores”, “Homem de Ferro 3”, “Capitão América: Guerra Civil” e “Pantera Negra”.



Fora dos Estados Unidos, o maior mercado internacional da super-heroína é a China, onde a produção já arrecadou US$ 95 milhões.

O Brasil aparece em 5º lugar no ranking das principais bilheterias, graças a uma estreia de mais de R$ 50 milhões, a segunda maior de todos os tempos nos cinemas do país.


Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings