Alita: Anjo de Combate estreia em 1º lugar no Brasil



Assim como aconteceu nos Estados Unidos, “Alita: Anjo de Combate”, adaptação cinematográfica do mangá homônimo de Yukito Kishiro, liderou as bilheterias do Brasil em seu fim de semana de estreia nos cinemas, mas com um desempenho abaixo do esperado. Ao todo, levou 316 mil espectadores e arrecadou RS$ 5,8 milhões entre quinta-feira e domingo (17/2) no Brasil, segundo dados do comScore.

Em 2º lugar, ficou a animação “Como Treinar o Seu Dragão 3”, que ainda não foi lançada nos Estados Unidos. O longa foi visto por 185,4 mil pessoas em seu quinto fim de semana semana em cartaz.


O Top 3 se completa com a comédia nacional “Minha Vida em Marte”, com público de 142,8 mil pessoas. A produção brasileira é um fenômeno e já foi vista por 4,9 milhões de espectadores, rendendo uma bilheteria de mais de RS$ 76 milhões desde sua estreia em dezembro.

Em compensação, a grande estreia brasileira do fim de semana decepcionou. Cinebiografia de Erasmo Carlos repleta de nostalgia da Jovem Guarda, “Minha Fama de Mau” teve público de 51,3 mil pessoas e arrecadação de R$ 913,8 mil, abrindo em 7º lugar no ranking geral.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings