Warner oficializa filme da Barbie estrelado por Margot Robbie


A Mattel oficializou sua parceria com a Warner Bros. para finalmente lançar nos cinemas um filme live-action da Barbie, que será estrelado por Margot Robbie (a Arlequina de “Esquadrão Suicida”).

A fábrica de brinquedos, que criou uma divisão de cinema no mês passado, tinha fechado com a Sony em 2014, mas o estúdio deixou o contrato vencer após uma série de decisões erradas.

A Sony esperou um ano para contratar a roteirista Diablo Cody (“Juno”, “Jovens Adultos” e “Tully”) para escrever o primeiro roteiro e não aprovou o resultado, encomendando novos roteiros para escritores diferentes, na esperança de que surgisse algo melhor. A ideia vencedora foi a de Hillary Winston (criadora da série “Bad Teacher”).

Definida a história, a Sony escalou a humorista Amy Schumer para viver a protagonista em 2016. Ela também resolveu mexer no roteiro, junto com sua irmã, Kim Caramele. E todo esse trabalho foi pago.

Mas quando o estúdio foi marcar as filmagens, a atriz desistiu, alegando conflito de agenda.

Com isso, Anne Hathaway (“Colossal”) foi contatada no ano passado pela produtora Amy Pascal para estrelar o filme. Só que o contrato para as filmagens previa um lançamento em cinco anos. A Sony marcou a estreia para 2020, seis anos após fechar o negócio. E a Mattel deu o acordo por encerrado.


A Warner ofereceu outra abordagem e já veio com uma atriz famosa anexada ao papel, que, além de viver Barbie, também será co-produtora do filme.

“Este projeto é um ótimo começo para nossa parceria com a Mattel Films”, disse Toby Emmerich, presidente do grupo Warner Bros. Pictures, no comunicado que oficializa a produção. “E Margot é a produtora e atriz ideal para dar vida à Barbie na tela de uma forma nova e relevante para o público de hoje.”

Margot Robbie também se pronunciou.

“Brincar com a Barbie promove confiança, curiosidade e comunicação ao longo da jornada de uma criança para a autodescoberta. Ao longo dos quase 60 anos da marca, a Barbie capacitou as crianças a se imaginarem em papéis empoderadores, de princesa a presidente”, disse a atriz. “Estou muito honrada em assumir esse papel e produzir um filme que, acredito, terá um impacto tremendamente positivo nas crianças e no público em todo o mundo. Não posso imaginar parceiros melhores do que a Warner Bros e a Mattel para trazer esse filme para a tela grande”.

Ainda não há previsão de estreia da produção.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings