Estreias: Vice, O Menino que Queria Ser Rei e Climax são os destaques da semana nos cinemas


Mais um filme indicado ao Oscar 2019 chega aos cinemas brasileiros. A programação desta quinta (31/1) destaca a estreia de “Vice”, sátira política em que Christian Bale se transforma no ex-vice-presidente americano Dick Cheney. Irreconhecível, o ator contou com maquiagem para aparecer gordo e envelhecido, e venceu o Globo de Ouro e o Critics’ Choice pelo papel.

Escrito e dirigido por Adam McKay, que já tem um Oscar de Melhor Roteiro Adaptado no currículo (pelo excelente “A Grande Aposta”), “Vice” foi nomeado a oito prêmios da Academia: Melhor Filme, Direção, Roteiro Original, Ator, Atriz (Amy Adams), Ator Coadjuvante (Sam Rockwell), Edição e Cabelo e Maquiagem.

Mas, apesar das premiações, o longa teve “apenas” 66% de aprovação da crítica no site Rotten Tomatoes. Isto se explica, em parte, pelas preferências políticas dos críticos americanos, mas também pelo desinteresse de britânicos e canadenses. Os bastidores da política americana não são tão atraentes para o público estrangeiro e, mesmo diante da espantosa transformação de Bale, isso vale também para os espectadores brasileiros.

Para quem busca algo mais movimentado, a semana traz “O Menino que Queria Ser Rei”, uma versão com crianças da lenda do Rei Arthur, passada nos dias atuais. A aventura infantil é o segundo longa dirigido por Joe Cornish, roteirista do “Homem-Formiga”, que chamou atenção ao estrear com “Ataque ao Prédio” em 2011, e destaca em seu elenco Louis Ashbourne Serkis, filho do ator Andy Serkis (o César da franquia “Planeta dos Macacos”), Rebecca Ferguson (“Missão: Impossível – Efeito Fallout”) e o veterano Patrick Stewart (“Logan”).

No circuito limitado, os destaques são os novos filmes do sempre polêmico Gaspar Noé e do sempre extenuante Lav Diaz.

Em “Climax”, o diretor de “Irreversível” (2002) e “Love” (2015) volta a mexer com a libido, filmando uma festa regada a LSD, que deixa dançarinos em êxtase e pânico, ao som da trilha eletrônica de Thomas Bangalter (do Daft Punk). É uma paulada e foi premiado em festivais de terror e até em Cannes. Atingiu 86% no Rotten Tomatoes.

Já “Estação do Diabo”, o novo filme em preto-e-branco de quatro horas de duração do diretor de “Norte, O Fim da História” (2013), “Do Que Vem Antes” (2014) e “A Mulher Que se Foi” (2016), é descrito como um anti-musical e uma ópera rock, mas traz o tema de sempre: um desaparecimento ligado à ditadura militar filipina. Venceu o Festival de Cartagena e tem 100% de aprovação no Rotten Tomatoes.

Quem frequentar os shoppings ainda vai dar de cara com cartazes do terror russo “A Sereia – Lago dos Mortos” e da comédia romântica “Uma Nova Chance”, com Jennifer Lopez. Entre os dois, o melhor é ler as últimas mensagens do WhatsApp. Mais escondidos, ainda há uma comédia francesa do diretor de “As Mulheres do Sexto Andar” (2010) e dois documentários musicais brasileiros. Os trailers e as sinopses podem ser vistos abaixo.

Vice | Estados Unidos | Comédia

Na juventude, Dick Cheney (Christian Bale) se aproximou do Partido Republicano ao ver na política uma grande oportunidade de ascender de vida. Para tanto, se aproxima de Donald Rumsfeld (Steve Carell) e logo se torna seu assessor direto. Com a renúncia do ex-presidente Richard Nixon, os poucos republicanos que não estavam associados ao governo ganham imediata importância e, com isso, tanto Cheney quanto Rumsfeld ascendem à esfera de poder do partido. Décadas depois, com a decisão de George W. Bush (Sam Rockwell) em se lançar candidato à presidência, Cheney é cortejado para assumir o posto de vice-presidente. Ele aceita, mas com uma condição: que tenha amplos poderes dentro do governo, caso a chapa formada seja eleita.

O Menino que Queria Ser Rei | Reino Unido | Aventura

Alex (Louis Serkis) é um garoto que enfrenta problemas no colégio, por sempre defender o amigo Bedders (Dean Chaumoo) dos valentões Lance (Tom Taylor) e Kaye (Rhianna Dorris). Um dia, ao fugir da dupla, ele se esconde em um canteiro de obras abandonado. Lá encontra uma espada encravada em uma pedra, que retira com grande facilidade. O que Alex não sabia era que a espada era a lendária Excalibur e que, como seu novo portador, precisa agora enfrentar a meia-irmã do rei Arthur, a feiticeira Morgana (Rebecca Ferguson), que está prestes a retomar seu poder. Para tanto, ele conta com a ajuda do mago Merlin (Angus Imrie), transformado em uma versão bem mais jovem.

Clímax | França | Drama



Nos anos 1990, um grupo de dançarinos urbanos se reúnem em um isolado internato, localizado no coração de uma floresta, para um importante ensaio. Ao fazerem uma última festa de comemoração, eles notam a atmosfera mudando e percebem que foram drogados quando uma estranha loucura toma conta deles. Sem saberem o por quê ou por quem, os jovens mergulham num turbilhão de paranoia e psicose. Enquanto para uns, parece o paraíso, para outros parece uma descida ao inferno.

Estação do Diabo | Filipinas | Drama

Lorena (Shaina Magdayao), uma jovem e destemida médica, abre uma clínica para os pobres em uma aldeia remota nas Filipinas, mas desaparece sem deixar pistas logo depois. Seu marido Hugo Haniway (Piolo Pascual), um poeta ativista e professor, quer descobrir a verdade sobre o paradeiro de sua esposa. Ao chegar, ele é confrontado por uma comunidade que sofreu o ataque de uma gangue de milicianos durante o tempo da Lei Marcial, em 1972.

A Sereia – Lago dos Mortos | Rússia | Terror

Uma sereia malvada se apaixona por Roman, noivo de Marina, e tenta mantê-lo longe dela em seu Reino submerso. Marina terá apenas uma semana para superar o medo do oceano, lutar com monstros e se manter viva e na forma humana.

Uma Nova Chance | EUA | Comédia

Maya (Jennifer Lopez) é uma caixa de supermercado insatisfeita com sua vida profissional. Porém, tudo muda com uma pequena alteração em seu currículo e suas redes sociais. Com sua experiência das ruas, habilidades excepcionais e a ajuda de seus amigos, ela se reinventa e se torna uma executiva de sucesso.

Normandia Nua | França | Comédia

Georges Balbuzard (François Cluzet) é o prefeito da pequena cidade de Mêle sur Sarthe, na Normandia, onde os agricultores vêm sofrendo cada vez mais por conta de uma crise econômica. Quando o fotógrafo Blake Newman (Toby Jones), conhecido por deixar multidões nuas em suas obras, está passando pela região, Balbuzard enxerga nisso uma oportunidade perfeita para salvar seu povo. Só falta convencer os cidadãos a tirarem a roupa.

Fevereiros | Brasil | Documentário

O documentário registra a vitória da escola de samba carioca Estação Primeira de Mangueira em 2016, que teve um enredo homenageando a cantora baiana Maria Bethânia. Além de filmar a escola e os preparativos do barracão, a produção ainda acompanhou a cantora nas festas da Nossa Senhora da Purificação, na Bahia.

Ultraje | Brasil | Documentário

Uma das bandas mais reconhecidas do cenário musical brasileiro das últimas décadas, o Ultraje a Rigor invadiu os rádios e TVs na década de 1980. No fim da ditadura militar, a banda estava por toda parte no dia a dia dos brasileiros. É assim que começa a trajetória do grupo, que tem sua carreira e a vida de seus membros, especialmente o líder, Roger, expostas nesse documentário.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings