Rubens Ewald Filho é rebaixado na cobertura do Oscar 2019

O crítico de cinema Rubens Ewald Filho, que comenta o Oscar desde 1985 na televisão brasileira, não será mais o comentarista oficial da premiação no canal pago TNT. Ele ainda participará no evento deste ano, mas com uma participação bastante reduzida. Suas inserções ocorrerão de forma pontual, apenas nos intervalos da premiação.

Com isso, Michel Arouca, que já participava da transmissão do Emmy no canal pago, é quem fará as avaliações principais, no decorrer da entrega dos troféus.

A mudança ocorre após comentários polêmicos de Ewald Filho na transmissão do ano passado, quando se referiu à atriz trans Daniela Vega, estrela de “Uma Mulher Fantástica”, dizendo que “essa moça na verdade é um rapaz”. Daniela foi a primeira trans a apresentar uma premiação da Academia, e o longa chileno levou o Oscar de Melhor Filme em Língua Estrangeira.

Ele também se referiu a Frances McDormand, vencedora do Oscar de Melhor Atriz, como “uma senhora que não é bonita e deu um show de bebedeira no Globo de Ouro”.

Comentários maldosos como esses sempre caracterizaram a participação do crítico, que tem um livro chamado “O Oscar e Eu”. No ano anterior, ele insinuara que o ator Aaron Taylor-Johnson tinha se casado com a diretora Sam Taylor Johnson, 23 anos mais velha, apenas para ser bancado por ela, além de afirmar que o ator Peter Dinklage “é anão, mas tem uma atuação excelente”.

A diferença é que as sensibilidades têm se alterado em ritmo veloz, aumentando a exigência de respeito e tolerância. Tanto que, após o Oscar deste ano, o canal pago TNT emitiu uma nota se posicionando sobre as falas de Ewald Filho. “A TNT repudia toda ação e/ou manifestação preconceituosa de qualquer natureza. A marca valoriza, incentiva a respeita a inclusão, a diversidade em todas suas iniciativas para levar o melhor conteúdo e entretenimento para seus fãs.”

“Alinhado a esse propósito, a direção da TNT já conversou com o comentarista Rubens Ewald Filho para evitar que episódios como os comentários feitos durante a transmissão do Oscar no último domingo se repitam”, completou a nota emitida no início de março.

Além de Michel Arouca, a apresentação do evento deste ano contará também com a atriz Bruna Thedy (“Chiquititas”), enquanto a cobertura do tapete vermelho trará a modelo Carol Ribeiro, já “veterana” na função, ao lado do blogueiro Hugo Gloss.

Essa mesma equipe, com pequenas variações, também apresentará o SAG Awards, premiação do Sindicato dos Atores dos Estados Unidos, e o Globo de Ouro 2019 (neste evento, Phelipe Cruz estará no tapete vermelho com Carol Ribeiro).