Monster Hunter: Nanda Costa faz estreia internacional em novo filme do diretor de Resident Evil



A atriz Nana Costa (“Entre Irmãs”) revelou em seu Instagram que está rodando “Monster Hunter”, superprodução baseada no videogame homônimo, que volta a reunir o diretor e a estrela de “Resident Evil”, respectivamente Paul W.s. Anderson e Milla Jovovich, casados na vida real.

“Para quem ainda não sabia ou estava louco pra saber, esse é o novo job! Sim, estou no novo filme do Paul Anderson com a musa máxima Milla Jovovich e um elenco fodão”, ela escreveu, ao lado de uma foto nos camarins de sua estreia internacional.

Ela também postou uma foto ao lado de um integrante famoso do elenco. “Me and my friend Ron. Eu falei Ron Perlman, car*lho! Quem aí já viu e também é fã de ‘Hellboy’ levanta a mão!”

Com orçamento de US$ 60 milhões, o filme está sendo rodado na África do Sul há pelo menos um mês. Nanda desembarcou no país em 20 de novembro e desde então vinha mantendo em segredo o motivo de tantas fotos com pinguins e passeios turísticos na Cidade do Cabo. Não eram férias.

Além da ucraniana Milla Jovovich e do novaiorquino Ron Pearlman, o elenco internacional inclui o rapper T.I. Harris (“Homem-Formiga e a Vespa”), Meagan Good (série “Minority Report”), o mexicano Diego Boneta (“Scream Queens”), o australiano Josh Helman (“Mad Max: Estrada da Fúria”), o alemão Jannik Schümann (“Submersão”) e o tailandês Tony Jaa (“xXx: Reativado”).

A sinopse oficial diz: “Por trás do nosso mundo, há outro: um mundo de monstros perigosos e poderosos que dominam sua terra com uma ferocidade mortal. Quando a tenente Artemis (Milla Jovovich) e seus fieis soldados são transportados do nosso mundo para o novo mundo, têm o choque da suas vidas. Em sua desesperada batalha de sobrevivência contra poderosos, enormes e imparáveis inimigos, eles se unirão a um homem misterioso que descobriu um jeito de lutar contra eles”.

Ainda não há previsão para a estreia.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings