Cadê Você, Bernadette: Cate Blanchett desaparece no trailer do novo filme do diretor de Boyhood


A Annapurna divulgou o primeiro trailer de “Where’d You Go, Bernadette”, novo filme do diretor Richard Linklater (“Boyhood”). A prévia embala o espectador como uma comédia familiar, envolvendo a história típica de um casal que cria uma adolescente, com os desafios que isso comporta.

É possível vislumbrar uma dificuldade da mãe em lidar com as exigências simultâneas do trabalho e do lar, ainda mais com a perspectiva de uma viagem em família para a Antártica, conduzindo a uma ansiedade desproporcional. Até que não se vislumbra mais mãe nenhuma. A personagem, que é a Bernadette do título, simplesmente some, deixando seu marido, sua filha, parentes, vizinhos e amigos perplexos.

A trama adota, então, tom de investigação. São muitas perguntas, além da que dá título ao longa, cuja tradução literal é “pra onde você foi, Bernadette”. Afinal, o que faz uma arquiteta bem-sucedida, casada com um guru tecnológico e com uma filha inteligente simplesmente desaparecer, largando tudo e todos sem aviso prévio?

A resposta pode não ser demorada para um psiquiatra, mas para o público são quase duas horas de filme. E muitas páginas de best-seller. O filme é adaptação de “Cadê Você, Bernadette”, livro de Maria Semple, que já escreveu episódios de “Louco por Você” e “Arrested Development”.



O elenco destaca Cate Blanchett (“Thor: Ragnarok”) como a mãe desaparecida, Billy Crudup (“Mulheres do Século 20”) na pele do marido e a estreante Emma Nelson como a filha, além de uma multidão de coadjuvantes famosos, como Kristen Wiig (“Pequena Grande Vida”), Laurence Fishburne (“John Wick: Um Novo Dia Para Matar”), Judy Greer (“Homem-Formiga”) e Troian Bellisario (“Pretty Little Liars”).

A estreia está marcada para 16 de agosto nos Estados Unidos e ainda não há previsão de lançamento no Brasil.



Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings