Terror austríaco Boa Noite, Mamãe vai ganhar remake americano


Um dos terrores europeus mais premiados dos últimos anos, o austríaco “Boa Noite, Mamãe”, vai ganhar remake americano.

O filme da dupla Severin Fiala e Veronika Franz foi uma das sensações do festival de cinema fantástico de Sitges em 2014, onde venceu o Grande Prêmio do Cinema Europeu. Seu reconhecimento, porém, foi além das fronteiras do gênero, rendendo o troféu da Academia de Cinema Europeu ao diretor de fotografia Martin Gschlacht. “Boa Noite, Mamãe!” também foi exibido no Festival de Veneza e emplacou na lista do National Board of Review como um dos cinco melhores filmes estrangeiros exibidos nos EUA em 2016, ano em que também foi escolhido pela Áustria como representante do país na disputa por uma vaga no Oscar de Melhor Filme em Língua Estrangeira.

A trama registra a reação de estranhamento de dois irmãos gêmeos em uma casa nova e diante de uma mãe que não conseguem identificar, após ela passar por uma cirurgia plástica. A mulher mantém curativos sobre o rosto e se porta de modo estranho, ampliando o clima sinistro.

A refilmagem estará a cargo do diretor Matt Sobel, que só tem um longa no currículo, o drama indie “Take Me to the River” (2015), inédito no Brasil.


Ele também vai escrever o roteiro da adaptação em parceria com Kyle Warren, roteirista da série “Máquina Mortífera”.

“Nosso objetivo será criar um pesadelo imersivo, com as sensações viscerais da história no centro do palco”, disse Sobel em comunicado.

Ainda não há previsão para a estreia.



Pedro Prado é cinéfilo, fã de séries e quadrinhos, fotógrafo amador e bom amigo da vizinhança.



Back to site top
Change privacy settings