O Predador chega aos cinemas com ampla distribuição para frustrar os fãs da franquia



Os cinemas voltam a destacar nesta semana o que o público brasileiro mais gosta: filmes ruins americanos. Depois do sucesso sem precedentes do abacaxi “A Freira”, o maior lançamento dessa quinta (13/9) é o pepino “O Predador”.

Tentativa de retomar os monstros alienígenas dos anos 1980, “O Predador” consegue ser pior que todos os filmes que o precederam na franquia. O nível é “Alien vs. Predador”, para se ter ideia. E se não bastasse a oportunidade perdida, a produção vem acompanhada por polêmica, com uma cena cortada pela Fox após o diretor Shane Black incluir um amigo pedófilo numa figuração. 41% de aprovação no Rotten Tomatoes e caindo…

“Hotel Artemis” se sai um pouco melhor (58%), porque se assume como filme B e é valorizado pela participação de Jodie Foster, que não atuava há cinco anos, desde “Elysium”. Irreconhecível, ela surge envelhecida no papel da Enfermeira, que é a faz-tudo do hospital com nome de hotel da trama, um santuário clandestino que parece seguir as regras do Hotel Continental, da franquia de John Wick. A história acompanha dois irmãos que buscam refúgio no local após um deles ser baleado. Mas quando um dos “hóspedes” dá entrada com material sensível, o lugar é cercado por tipos dispostos a ignorar as regras e transformar o prédio num campo de batalha.

A chegada simultânea dos dois longas nos cinemas marca uma curiosa coincidência, já que seus cineastas trabalharam juntos em “Homem de Ferro 3”. Shane Black dirigiu a produção da Marvel e Drew Pearce, que faz sua estreia na direção com “Hotel Artemis”, escreveu o roteiro. Outra coincidência: ambos os filmes incluem em seu elenco o ator Sterling K. Brown (da série “This Is Us”).

Na verdade, os trabalhos que merecem um conferida nesta semana são dois dramas brasileiros. Apesar do título de documentário, “O Paciente – O Caso Tancredo Neves” é uma ficção de Sérgio Rezende (de “Guerra de Canudos”, “Zuzu Angel” e “Salve Geral”), que envereda pelo thriller médico e a comédia de erros, mas não consegue se distanciar do docudrama teatralizado. O destaque é para a interpretação de Othon Bastos (“O Último Cine Drive-In”), que desaparece na tela, ao materializar Tancredo Neves. O filme narra como o primeiro presidente civil do Brasil após a ditadura, que uniu de Lula a Fernando Henrique Cardoso no mesmo palanque, morreu após uma doença súbita em abril de 1985, antes de assumir o cargo, frustrando o país ao deixar o governo na mão de seu vice, José Sarney – o primeiro de uma longa tradição de vices transformados em presidentes do Brasil nos últimos anos.

“O Banquete”, de Daniela Thomas (“Vazante”), se passa cinco anos depois. A atmosfera lembra o britânico “A Festa”, em que um jantar com intelectuais serve para revelar jogos de poder, muitas frases venenosas de duplo sentido e rancores, transformando a vida dos convidados para sempre. Entre eles está o poderoso editor de uma revista, que celebra seu aniversário de casamento. Ele pode ser preso, já que escreveu uma carta aberta com graves denúncias contra o presidente do país. Aparentemente, o personagem era inspirado em Otávio Frias Filho, uma vez que a diretora tirou o longa da competição do Festival de Gramado quando o publisher da Folha de S. Paulo faleceu. A encenação também evoca um teatro filmado, que valoriza as interpretações do ótimo elenco – Drica Moraes, Mariana Lima, Caco Ciocler, Rodrigo Bolzan, Fabiana Gugli, Gustavo Machado, Chay Suede, Bruna Linzmeyer e Georgette Fadel.

No circuito limitado, vale conferir ainda o franco-belga “Carnívoras”, estreia na direção dos irmãos atores Jérémie e Yannick Renier, que é uma espécie de “Mulher Solteira Procura” entre irmãs. A irmã mais velha inveja a vida da mais nova e, como boa vampira energética, ao longo da história começa a trocar de lugar com a outra.

A programação inclui mais quatro filmes. Bem menos cotados que os medianos acima. Confira abaixo as sinopses e veja os trailers de todas as estreias para tirar suas próprias conclusões.

O Predador | EUA | Sci-Fi

Um menino ativa o retorno dos predadores, agora mais fortes e inteligentes do que nunca, para a Terra. Ex-soldados e um professor de ciências se juntam para lutar contra essa ameaça e proteger o futuro da raça humana.

Hotel Artemis | EUA | Sci-Fi

Num futuro próximo, num hospital fortificado em Los Angeles, os criminosos mais sinistros da cidade recebem cuidados especiais. A enfermeira (Jodie Foster) que controla o lugar acaba descobrindo que um de seus pacientes está lá para cometer um assassinato.

O Paciente – O Caso Tancredo Neves | Brasil | Drama



Os últimos dias da vida de Tancredo Neves, primeiro presidente civil depois da ditadura militar. Toda a expectativa da população brasileira é frustrada por uma doença súbita de Tancredo, que depois de 39 dias de internação, morreu no dia 21 de abril de 1985, nunca sendo empossado.

O Banquete | Brasil | Drama

Fim da década de 1980, Brasil. Apesar de ter retornado à democracia, o país ainda vive uma época de extrema instabilidade política e incerteza geral. Em meio a este clima de desconfiança, uma jornalista descobre segredos podres sobre o presidente do país, que ameaçarão ainda mais o frágil equilíbrio da nação.

Carnívoras | França, Bélgica | Drama

No início de seus 30 anos, Mona (Leïla Bekhti) tenta decolar como atriz. O tempo passa e as propostas não chegam. Com poucos recursos, ela é forçada a morar com Sam (Zita Hanrot), sua irmã mais nova. Sam é uma atriz e compartilha sua vida com Manuel (Bastien Bouillon) e seu filho. Esta é a vida que Mona cobiça tanto. Fragilizada por uma filmagem difícil, Sam propõe que Mona se torne sua assistente. Aos poucos, Sam vai negligenciando seus papéis de atriz, de esposa, de mãe e acaba se perdendo.

Limites | EUA | Drama

Laura (Vera Farmiga) é uma mulher que busca viver uma vida tranquila e que faz o possível para ajudar as pessoas. No entanto, seus desejos e sua generosidade característica entram em conflito quando ela precisa levar Jack (Christopher Plummer), que é seu pai e também um criminoso, em uma viagem de carro do Texas até a Califórnia. Os dois e Henry, filho de Laura, que também vai junto, vão aprender da maneira mais confusa e difícil o que significa ser uma família.

Fantástica | China | Animação

O mundo animado de Middle Kingdom está em perigo, pois um grupo de ladrões de elite é enviado ao local para roubar o Tesouro Dourado, item precioso que precisa ser mantido ali. Para evitar tal ameaça, a robô Coco se junta aos irmãos Boonie Bears, ao caçador Vicky e a uma guerreira da floresta para impedir os avanços dos criminosos e salvar seu lar da destruição total.

O Homem que Parou o Tempo | Brasil | Sci-Fi

Após dedicar anos de sua vida ao estudo de física quântica, relatividade e fenômenos atemporais, João (Gabriel Pardal) decide, finalmente, botar seu ousado plano em prática: conseguir parar o tempo. Mas para realizar os experimentos que precisa, ele terá que embarcar em uma solitária viagem sem volta, que o isolará de sua família e amigos, trazendo graves consequências a seu estado mental.

Camocim | Brasil | Documentário

A jovem Mayara, 23 anos, organiza uma campanha honesta durante as eleições municipais de Camocim de São Felix para eleger o candidato e colega César. A cada quatro anos, a cidade no interior de Pernambuco tem sua tranqulidade interrompida pela euforia política do evento. Durante o processo, Mayara toma consciência da dificuldade em participar de uma disputa marcada por hierarquias, compras de votos e clientelismo.


Marcel Plasse é jornalista, participou da geração histórica da revista de música Bizz, editou as primeiras graphic novels lançadas no Brasil, criou a revista Set de cinema, foi crítico na Folha, Estadão e Valor Econômico, escreveu na Playboy, assinou colunas na Superinteressante e DVD News, produziu discos indies e é criador e editor do site Pipoca Moderna



Back to site top
Change privacy settings